Além do Honda WR-V, veja outros 5 carros que ressuscitaram no Brasil

Nova geração do modelo da marca japonesa deverá chegar ao país como SUV compacto
Honda WR-V da nova geração deverá chegar ao Brasil como novo SUV compacto para brigar com Toyota Yaris Cross e outros

Honda WR-V da nova geração deverá chegar ao Brasil como novo SUV compacto para brigar com Toyota Yaris Cross e outros | Imagem: Divulgação

Quando o Honda WR-V saiu de linha, a marca japonesa não quis dizer que não era o fim da história do modelo, ao contrário do que fez a GM com o Camaro. De qualquer forma, de vez em quando, alguns modelos saem de linha e volta depois de um tempo com novo formato, aproveitando a boa reputação que conquistaram no mercado.

No caso do modelo da fabricante nipônica, a volta do WR-V é dada como certa, já que teve suas patentes registradas no país e a Honda precisa ter um SUV mais  em conta que o HR-V para ganhar participação de mercado no Brasil. 

VEJA TAMBÉM:

A seguir você verá 5 exemplos, além do modelo da Honda, que foram vendidos no Brasil, ficaram um tempo sem produção e depois voltaram. Na maioria das vezes, a volta é em um formato parecido com o anterior, mas pode acontecer se adotaram algo bem diferente, como é o caso do Eclipse, que era um cupê esportivo e voltou como SUV.

1 - Honda WR-V

Honda WR-V deve voltar ao Brasil maior e mais moderno que a primeira geração que saiu de linha
Honda WR-V deve voltar ao Brasil maior e mais moderno que a primeira geração que saiu de linha
Imagem: Divulgação

O modelo da marca japonesa derivado o Fit era tido como uma opção mais em conta que alguns SUVs compactos com algum apelo off-road por causa da maior distância do solo e dos para-lamas com proteções emborrachadas, entre outros detalhes. 

A parte mecânica da primeira geração do modelo é idêntica a do Fit, que também acabou saindo de linha no Brasil. Agora chega a notícia de que a nova geração do WR-V que foi mostrada no Japão pode voltar ao país, mas como SUV compacto para concorrer com Toyota Yaris Cross, que estreia até o fim de 2024, entre outros modelos do segmento.

2 - Chevrolet Tracker

Chevrolet Tracker chegou a ser vendido como um clone do Suzuki Vitara e voltou completamente diferente anos depois
Chevrolet Tracker chegou a ser vendido como um clone do Suzuki Vitara e voltou bem diferente anos depois
Imagem: Divulgação

O SUV compacto apareceu pela primeira vez no Brasil com a marca da gravata dourada no Suzuki Vitara e com motor Mazda. Mas essa salada acabou não caindo muito bem e em 2016 o Tracker voltou como um carro completamente diferente, bem mais moderno confortável e que fez sucesso no país. 

Com isso, a GM resolveu manter o mesmo nome no SUV com a mesma base do Onix e com vários atrativos, entre os quais motores 1.0 e 1.2 turboflex, central multimídia com acesso à internet via 4G, entre outros equipamentos.

3 - Volkswagen Fusca

A Volkswagen resolveu adotar o nome Fusca no Brasil no lugar do Beetle feito sobre a mesma base do Golf
A Volkswagen resolveu adotar o nome Fusca no Brasil no lugar do Beetle feito sobre a mesma base do Golf
Imagem: Divulgação

Um dos carros mais vendidos da marca alemã tanto no Brasil quanto no mundo deixou uma legião de fãs. No mercado brasileiro, o nome Fusca ficou muito marcado na história de várias famílias, de geração para geração. Então, quando veio a última geração do Beetle, com motor 2.0 turbo do Golf GTI, a marca decidiu usar novamente o novo Fusca.

Foi uma boa estratégia, mas nesta altura o Fusca moderno era um cupê esportivo com bom grau de sofisticação, que não tinha nada a ver com o modelo original, bem mais acessível. Portanto, o novo modelo, que deixou de ser fabricado em setembro de 2018, ficou restrito a um grupo que queria algo mais exclusivo que o Golf GTI. 

4-  Mitsubishi Eclipse

Mitsubishi Eclipse era um cupê esportivo e se tornou um SUV, que passou a ser montado no Brasil
Mitsubishi Eclipse era um cupê esportivo e se tornou um SUV, que passou a ser montado no Brasil
Imagem: Divulgação

Quando foi derrubada a proibição das importações de carros no Brasil, no início dos anos 90, o Mitsubishi Eclipse foi um dos modelos que mais impressionaram por aqui. Seja pelo visual arrojado, pela tecnologia, ou por causa do bom desempenho. Entre outros itens, o carro chegou com faróis escamoteáveis, motor 2.0 turbo e tração integral.

Em 2018, porém, depois de mais de uma década de ausência, o nome Eclipse volta ao Brasil, mas como um SUV com linhas nada convencionais. Mesmo assim, acabou sendo bem recebido no mercado e passou a ser montado em Catalão (GO). 

5-  Mercedes-Benz Classe A

Mercedes Classe A da primeira geração era apenas um monovolume bem pequeno e se tornou um carro bem mais sofisticado
Mercedes Classe A da primeira geração era apenas um monovolume pequeno e se tornou um carro mais sofisticado
Imagem: Divulgação

Em 1999 a marca alemã tomou a decisão ousada de fabricar a primeira geração do Classe A em Juiz de Fora (MG) um monovolume subcompacto que vinha até com controle eletrônico de estabilidade de série, equipamento que passou a se tornar obrigatório em todos os carros novos no Brasil apenas agora, em janeiro de 2024. 

A fabricação durou pouco, apenas até 2005. Mas o Classe A voltou ao Brasil, agora como importado ne nas versões sedã e hatch, inclusive nas configurações AMG, equipadas com um dos motores de quatro cilindros mais potentes do mundo, que superam os 300 cv.

6- Chevrolet Silverado

Chevrolet Silverado da nova geração chegou importada e bem mais sofisticada que a primeira, feita no Brasil
Chevrolet Silverado da nova geração chegou importada e bem mais sofisticada que a primeira, feita no Brasil
Imagem: Divulgação

A picape Silverado nacional, chegou ao Brasil em 2001 e teve até versão D20, remetendo ao clássico modelo que fez sucesso no país nos anos 80 e 90. Concorria com a Ford F-250 e ficou conhecido pela robustez e pelo sistema de ABS apenas nas rodas traseiras para evitar travamento pricipalmente com a caçamba vazia.

Mais de 20 anos se passaram e a Silverado volta ao Brasil, desta vez importada, apenas na versão topo de linha e com um nível de sofisticação bem alto, o que inclui sistema de desativação de cilindros, central multimídia com acesso à internet e capota marítima acionada eletricamente.

Siga o AUTOO nas redes: Instagram | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

 

Honda WR-V da nova geração deverá chegar ao Brasil como novo SUV compacto para brigar com Toyota Yaris Cross e outros

Honda WR-V da nova geração deverá chegar ao Brasil como novo SUV compacto para brigar com Toyota Yaris Cross e outros

Chevrolet Tracker chegou a ser vendido como um clone do Suzuki Vitara e voltou completamente diferente anos depois

Chevrolet Tracker chegou a ser vendido como um clone do Suzuki Vitara e voltou completamente diferente anos depois

Honda WR-V deve voltar ao Brasil maior e mais moderno que a primeira geração que saiu de linha

Honda WR-V deve voltar ao Brasil maior e mais moderno que a primeira geração que saiu de linha

Mercedes Classe A da primeira geração era apenas um monovolume bem pequeno e se tornou um carro bem mais sofisticado

Mercedes Classe A da primeira geração era apenas um monovolume bem pequeno e se tornou um carro bem mais sofisticado

Mitsubishi Eclipse era um cupê esportivo e se tornou um SUV, que passou a ser montado no Brasil

Mitsubishi Eclipse era um cupê esportivo e se tornou um SUV, que passou a ser montado no Brasil

Chevrolet Silverado da nova geração chegou importada e bem mais sofisticada que a primeira, feita no Brasil

Chevrolet Silverado da nova geração chegou importada e bem mais sofisticada que a primeira, feita no Brasil

A Volkswagen resolveu adotar o nome Fusca no Brasil no lugar do Beetle feito sobre a mesma base do Golf

A Volkswagen resolveu adotar o nome Fusca no Brasil no lugar do Beetle feito sobre a mesma base do Golf

Recomendados por AUTOO

Youtube
Choque de elétricos baratos

Choque de elétricos baratos

BYD Dolphin Mini ou Kwid E-Tech, quem leva a melhor nos modelos a bateria?
Aviação
Os novos porta-aviões da China e dos EUA comparados

Os novos porta-aviões da China e dos EUA comparados

Fujian e Gerald R. Ford são como forças aéreas móveis, capazes de se deslocar pelo mundo inteiro
MOTOO
5 motos 0km para comprar na faixa dos R$ 20 mil

5 motos 0km para comprar na faixa dos R$ 20 mil

Confira opções de modelos interessantes de Honda, Yamaha, Royal Enfield, Bajaj e Dafra