Alta demanda já resulta em falta de veículos usados no mercado

Dados são da Fenabrave e consideram o acumulado até o mês passado
Optar por um usado é a solução hoje em dia para quem precisa de um carro a pronta entrega

Optar por um usado é a solução hoje em dia para quem precisa de um carro a pronta entrega | Imagem: Reprodução internet/Matel

Por incrível que pareça, já existe desabastecimento até mesmo de veículos usados no mercado.

É o que aponta o relatório mais recente da Fenabrave sobre o setor. Com isso, considerando todos os segmentos veiculares, foi observada uma retração de 8,3% nas transações de setembro deste ano quando comparadas ao volume registrado no mês imediatamente anterior.

No acumulado do ano, entretanto, as negociações de veículos usados registram aumento de 39,2% ao longo dos nove meses deste ano em relação ao mesmo período de 2020.

Em números, mudaram de dono exatos 11.553.715 veículos.

Na relação entre setembro deste ano e o mesmo mês de 2020, a redução no volume de transações foi da ordem de 5,1%.

Houve um pequeno arrefecimento nas transações em setembro, mas não observamos queda de demanda. Há, sim, uma redução de oferta de alguns modelos mais procurados pelos consumidores. Vale lembrar, também, que o mês de setembro teve um dia útil (21 dias) a menos que setembro (22 dias)”, analisa Alarico Assumpção Júnior, Presidente da Fenabrave. 

Entre os automóveis e comerciais leves, os modelos com até 3 anos de fabricação corresponderam a 13,21% do total de veículos transacionados em setembro. No acumulado do ano, estes veículos somam 11,49% do total.

Ainda somente entre os carros de passeio e comerciais leves, o aumento nas negociações de usados é da ordem de 40% na relação entre o acumulado deste ano com o mesmo período de 2020.