Às vezes demora para acontecer, mas de vez em quando nos deparamos com alguns lançamentos na indústria automotiva que têm condições efetivas de mexer não só com uma categoria de forma isolada, mas com o mercado de uma maneira geral. Já era um fato amplamente conhecido que os sucessores de Onix e Prisma seriam conhecidos neste ano, mas o que ninguém esperava era uma postura e um posicionamento de mercado tão agressivos por parte da marca Chevrolet.

Desde 2015 o carro mais vendido do Brasil, o Onix por si só tem uma relevância enorme no país e a estreia de sua nova geração era naturalmente uma das novidades mais esperadas de 2019. O mesmo podemos dizer do Prisma, até então o sedan mais vendido no Brasil. Para manter um vínculo maior com o hatch, a partir de agora o três volumes compacto da gama GM passa adotar o nome Onix Plus e coube a ele estrear a nova arquitetura GEM no Brasil, plataforma destinada à mercados emergentes e que figura não só no sedan e no hatch, como também serve ao projeto do novo Tracker, esperado para 2020 no Brasil e região. Outros modelos também ajudarão a expandir a família no médio prazo. 

Em sua estratégia de lançamento, a GM resolveu esperar até novembro para colocar o novo Onix no mercado, portanto nosso primeiro contato com a inédita família da marca ficou a cargo do Onix Plus – e sobraram motivos para dizer que a novidade surpreendeu.

O grande apelo da gama de compactos derivados da arquitetura GEM começa no custo-benefício. A premissa para o desenvolvimento dos novos Onix e Onix Plus, explica a GM, foi a de empreender todos os esforços para que os modelos renovados chegassem ao mercado custando o mesmo do que suas versões equivalentes até então nas concessionárias. E vale a pena destacar que o conjunto do hatch e do sedan deu um salto exponencial sob diversos aspectos.

Um bom exemplo é que desde a versão de entrada, o Onix Plus supera todos os rivais quando o assunto é segurança. A opção de entrada LT 1.0 aspirada, tabelada em R$ 54.990, sai de fábrica com 6 airbags, em conjunto com os controles de tração e estabilidade. Se problemas envolvendo a segurança deram o que falar na primeira geração do Onix, a GM promove um mea culpa na atualização do modelo e dá um recado claro ao público. Para dizer que o problema foi resolvido, a marca pediu para que o Latin NCAP avaliasse a nova geração do sedan e ele obteve a classificação máxima de 5 estrelas na proteção de adultos e crianças. Se já criticamos muito o Onix aqui no Autoo por ficar devendo em segurança, agora nada mais justo do que darmos os parabéns para a Chevrolet pela iniciativa em consolidar uma boa imagem do Onix Plus no que diz respeito à proteção de motorista e passageiros.

 

Mas é na versão topo de linha Premier (R$ 73.190), como a avaliada aqui, que reside um feito enorme do Onix Plus, em especial quando acrescentamos os pacotes opcionais R8M (revestimento interno mesclando as cores preto e caramelo) ou R8R (preto e cinza). Com eles, o preço do Onix Plus Premier sobe para R$ 76.190 e o sedan ganha um nível de equipamentos antes encontrado somente em modelos muito mais caros. Os destaques ficam por conta do assistente de estacionamento e do alerta de pontos cegos nos retrovisores. Para quem não está muito familiarizado com essas tecnologias, o primeiro é capaz de medir o tamanho de uma vaga e controlar, de forma automática, o esterçamento das rodas, cabendo ao motorista avançar ou retroceder o veículo conforme orientações no painel. É um recurso muito prático para usar na cidade, em especial para quem não tem muita paciência para manobrar. Já o monitor de pontos cegos está sempre de olho na lateral do veículo e emite um alerta visual toda vez que algum automóvel se aproxima do ponto de menor visibilidade de algum dos retrovisores, aumentando em muito a segurança na condução.

Oferecer tudo isso por (bem) menos de R$ 80.000 fará do Onix Plus Premier o sedan compacto com o melhor custo-benefício do segmento. Basta dizer que um Honda City EXL de R$ 85.800 sequer conta com os controles de tração e estabilidade. Mesmo se olharmos para a fatia de baixo custo entre os sedans compactos, um Renault Logan Iconic 1.6 CVT é tabelado em R$ 71.090, uma diferença muito pequena para o Onix Plus Premier, em especial se considerarmos o modelo sem os opcionais (R8M ou R8R).

Como se não bastasse, o Onix Plus já traz desde sua versão intermediária LTZ recursos como o carregamento de smartphones por indução, acendimento automático dos faróis, chave presencial, entre outros. Nem precisamos dizer que alguns desses recursos estão bem distantes da lista de itens de série oferecidos no Logan mais caro, assim como em muitos outros representantes do segmento.

Um Volkswagen Virtus, hoje o concorrente mais alinhado com o Onix Plus em termos de atualidade de projeto (ao menos enquanto o novo Hyundai HB20S não estreia), custa R$ 84.290 na versão topo de linha Highline, mas alcança R$ 91.645 se acrescido de todos os opcionais. Assim configurado, o Virtus Highline tem como exclusividade o painel de instrumentos digital e traz o sensor de chuva e freio a disco nas quatro rodas, recursos ausentes no Onix Plus Premier, mas, convenhamos, nada disso justifica uma diferença de mais de R$ 15.000 se considerarmos as versões completas. Em termos práticos e de segurança, o pacote de equipamentos do Onix Plus Premier topo de linha também é muito mais interessante que o do Virtus Highline.

O representante da VW pode até ter um motor mais sofisticado – também tricilíndrico e 1.0 turbo, mas com injeção direta –, porém o time de engenharia da GM detalha que a busca da equipe com o novo motor 1.0 Ecotec produzido no Brasil era mirar na boa relação entre desempenho e eficiência. Para tanto, a empresa optou pela injeção indireta multiponto convencional, que é mais interessante quando o motor trabalha em baixas rotações. Por esse ser o tipo de cenário que responde por grande parte da utilização de um automóvel, como no uso urbano, por exemplo, pode-se dizer que a meta da fabricante norte-americana foi plenamente cumprida.

De acordo com os dados oficiais, o Onix Plus Premier alcança parciais de até 12 km/h na cidade e 15,7 km/l na estrada (que conseguimos facilmente superar durante nossa avaliação), ambas com gasolina, sendo que o motor 1.0 turbo em conjunto com o câmbio automático de 6 marchas confere ao sedan uma aceleração de 0 a 100 km/h em 10,4 segundos. Com etanol, as médias do Onix Plus Premier ficam em 8,6 km/l em ciclo urbano e 10,9 km/l em rodovias.

Temos uma discreta vantagem para o VW na prova de aceleração (10 segundos), mas o Virtus Highline não vai além de 11,2 km/l no consumo urbano com gasolina ou 14,6 km/l na estrada, considerando o modelo com rodas de liga leve aro 16”. Ao volante, o Onix Plus apresentou um desempenho mais do que adequado para um carro familiar, em muito superior ao do Prisma 1.4 automático. Mesmo com 3 cilindros, o motor 1.0 Ecotec se destacou pela ausência de vibração e o funcionamento suave. 

Um dos segredos para o Onix Plus manter-se longe do posto de combustível por mais tempo reside nos avanços de sua plataforma. Com 17% mais aços de alta resistência e o compromisso de aliviar o peso do sedan onde fosse possível, da nova suspensão foram eliminados 6 kg, enquanto o novo motor permitiu cortar da balança outros 15 kg. Com isso, o Onix Plus registra apenas 1.117 kg na configuração mais completa testada aqui.

A suspensão segue a boa e velha fórmula da disposição McPherson na dianteira e eixo de torção entre as rodas traseiras, sendo que o conjunto traseiro ficou quatro vezes mais rígido em busca de ganhos no comportamento dinâmico, explica a GM. De qualquer forma, o Onix Plus mostrou-se um carro com respostas dinâmicas neutras e equilibradas, em consonância com o segmento. O conforto ao rodar e a robustez do conjunto também são notados a bordo da novidade.

Embalando todo o bom pacote, o Onix Plus é um modelo bem resolvido do ponto de vista do design e acabamento. Se por fora é equilibrado e não exagera nas linhas da carroceria, que conta com um porte elegante e mais esportivo, por dentro o Onix Plus adota diferenciais como o banco traseiro inteiriço, que oferece bom apoio ao corpo, e um habitáculo bem caprichado quando olhamos para a seleção de plásticos, elementos cromados e o revestimento de couro nos bancos e laterais de portas. O acabamento mais claro oferecido no pacote opcional (R8M) agrada bastante. A ergonomia, localização das teclas e até mesmo o “peso” de alguns comandos estão no ponto certo. Primeiro elemento desenhado para a cabine da linha Onix e Onix Plus 2020, o novo volante é outro ponto forte da cabine. 

Para dizer que nem tudo são flores, a opção de trocas sequenciais por meio de um seletor na alavanca de câmbio é uma solução que não agrada. O isolamento acústico do Onix Plus, ponto onde a GM disse ter dedicado uma atenção especial, mostra que ainda pode melhorar. As versões mais acessíveis também abusam do plástico, como era esperado por se tratar de um compacto que tem o compromisso de não exagerar no preço. 

Um projeto moderno como o Onix Plus não poderia deixar de lado a conectividade e o sedan capricha nesse aspecto. Em sua terceira geração, a central multimídia MyLink conta não só com uma capacidade de processamento mais rápida, como também sua interface é nova, mais “limpa” e de fácil utilização. Estão ali presentes os sistemas Apple CarPlay e Android Auto, além do Wi-Fi nativo que estreou no Cruze 2020. O novo MyLink é tão competente que mereceria até uma tela maior do que a de 7” presente no Onix Plus.

Se o Prisma já oferecia um bom espaço para os passageiros, o incremento de 7,2 cm no entre-eixos do sucessor proporcionou uma melhora considerável no espaço para as pernas dos ocupantes do banco traseiro. Apesar de crescer 19,4 cm no comprimento, o Onix Plus oferece um porta-malas menor (469 litros) em relação ao Prisma (500 litros). A GM justifica o fato explicando que, apesar da redução em termos volumétricos, o compartimento do Onix Plus permite uma acomodação mais fácil de diferentes objetos.

Com uma série de predicados, o Onix Plus reúne todas as condições para herdar do Prisma o título de sedan mais vendido no Brasil. Ao entregar o melhor custo-benefício entre os sedans compactos sem ter que abrir mão de um conjunto mecânico moderno, seguro e eficiente, o Chevrolet se projeta como uma das melhores compras não só dentro da categoria, mas no mercado como um todo. Um excelente automóvel para se ter na garagem de casa, em especial pelo ótimo pacote que oferece na versão Premier completa.

 
 
Chevrolet Onix Plus 2020
 
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
 
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
 
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
 
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
 
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
 
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
 
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
 
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
 
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
 
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
 
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
 
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
 
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
 
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
 
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
 
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
 
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
 
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
 
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
 
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
 
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
 
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
 
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
 
Chevrolet Onix Plus 2020
Chevrolet Onix Plus 2020
 
 

Ficha técnica

Chevrolet Onix Plus 2020 Premier Turbo 1.0 12V flex automático 4p
Preço R$ 73.190 (09/2019)
Categoria Sedã compacto
Motor 3 cilindros, 999 cm³
Potência 116 cv a 5500 rpm (gasolina)
Torque 16,3 kgfm a 2000 rpm
Dimensões Comprimento 4,474 m, largura 1,73 m, altura 1,47 m, entreeixos 2,6 m
Peso em ordem de marcha 1112 kg
Tanque de combustível 44 litros
Porta-malas 469 litros
Veja ficha completa

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo | http://www.jcceditorial.com.br/