A produção do Bugatti Veyron “normal” já terminou, mas a marca francesa segue fabricando a versão conversível Grand Sport com direito até a variações ainda mais exclusivas. A novidade é o exemplar único L’Or Blanc (ouro branco, em francês), que além de ser um veículo superesportivo excepcional também conta com um diferenciado acabamento de porcelana na carroceria e interior. O carro ainda não foi vendido. Talvez seja por causa de seu preço: € 1,6 milhões, o equivalente a R$ 3,6 milhões (sem contar os impostos brasileiros, claro).

Para a criação do carro, a Bugatti teve ajuda da alemã Königliche Porzellan-Manufatur Berlin (Fábrica real de porcelanas de Berlim), que produz objetos de porcelana desde 1763. O Veyron Lor Blanc, aliás, é o primeiro automóvel da história a receber esse tipo de material de decoração. Segundo a empresa com mais de 240 anos de mercado, o material especial aplicado no carro é 16% mais resistentes que o usado em seus outros produtos, como louças e acessórios, para resistir as elevadas forças de aceleração do carro.

Bugatti Veyron LOr Blanc
Divulgação

A Bugatti produziu apenas uma unidade do carro com acabamento diferenciado

O trabalho, segundo a Bugatti, foi totalmente artesanal e levou três semanas para ser concluído. A pintura azul externa, que se mistura com chapas de porcelana, recebeu cinco camadas de laca para obter o brilho que caracteriza a série. Outro destaque do Veyron L’Or Blanc é a escultura de um elefante feita de prata. A peça, que foi desenhada por Rembrandt Bugatti, escultor e irmão do fundador da marca Ettore Bugatti, fica entre os bancos.

Bugatti Veyron LOr Blanc
Divulgação

Versão especial do Veyron é o primeiro automóvel da história com acabamento externo de porcelana

O motor do Veyron Grand Sport “de porcelana” dispensa apresentação. O carro traz o enorme bloco 8.0 W16 com quatro turbocompressores e 1.001 cavalos de potência, que o faz acelerar do 0 aos 100 km/h em menos de 3 segundos e a atingir velocidades acima dos 400 km/h, algo que nenhuma outra fabricante consegue fazer com seus modelos de série.

Thiago Vinholes

|