Caoa Chery vai apostar em uma ''reforma'' do pequeno QQ

Focado no baixo custo, subcompacto será atualizado pela fabricante
Chery QQ 2016

Chery QQ 2016 | Imagem: Divulgação

Hoje em dia partindo de R$ 27.490, o que lhe confere o título de carro mais barato do Brasil, o pequenino QQ ainda tem uma perspectiva de vida longa aqui no país.

De acordo com a Caoa Chery, a intenção da nova fabricante é manter o subcompacto vivo no mercado, porém realizando alguns aprimoramentos.

“Nós vamos manter o QQ em linha e produzido no Brasil. Já estamos falando com a China para realizar algumas melhorias no projeto, mas ele permanece, sim, vendido aqui”, explicou Henrique Sampaio, gerente de marketing da Caoa Chery, para o Autoo. Ainda não existe previsão de quando as melhorias poderão estrear. 

O QQ produzido hoje no país já denota uma boa evolução sobre a primeira geração do modelo, que chegou ao Brasil importada da China há pouco mais de 7 anos e causou um certo furor graças ao seu baixo preço.

Atualmente equipado com um competente motor 1.0 de 3 cilindros, o QQ se notabiliza pelo baixo consumo, com médias de 12,9 km/l na cidade e 14,4 km/l na estrada com gasolina, e entrega um desempenho bem coerente com sua proposta. Recentemente tivemos a oportunidade de testar o modelo

Se a Caoa Chery conseguir melhorar alguns pontos do conjunto mecânico, como o acerto de sua suspensão e direção, bem como aprimorar o nível de acabamento interno, certamente o modelo ganhará mais condições de disputar mercado com automóveis pensados para o uso urbano como hoje é o caso de Fiat Mobi e Renault Kwid.