Chevrolet Cruze Hatch chega em breve para vingar Vectra GT

Modelo deve estrear nas concessionárias GM ainda no 1º trimestre para encarar i30 e Focus, o que seu antecessor não conseguiu

Chevrolet Cruze Hatch | Imagem: GM

O ano de 2012 promete marcar a história da Chevrolet no Brasil. A marca terá novidades que, certamente, poderão dar um novo fôlego aos modelos que já se encontram num estado de defasagem no país. Mas, antes que vocês se escandalizem, quem disse isso foi o próprio presidente mundial da GM, Dan Akerson, durante o Salão de Detroit.

Uma das grandes novidades para 2012 é o Cruze Hatch. O modelo será o substituto do Vectra GT, versão dois volumes do Vectra, que não teve uma boa passagem  pelo mercado nacional desde seu lançamento, em 2007.

Veja mais: “Chefão” da GM admite que os carros da marca ficaram velhos

Em 2008, o Vectra GT estreou na 5ª posição entre os hatches médios mais vendidos no Brasil, com 12.949 unidades emplacadas. Em 2009 a colocação foi repetida, porém, as vendas caíram para 11.450 exemplares, e em 2010, o começo da queda do Vectra GT foi iminente, quando a Chevrolet vendeu 10.813 carros. O ano passado foi a gota d’água, com 6.237 unidades comercializadas, e a marca da gravatinha decidiu parar de insistir no hatch. Hoje, o Vectra GT não é mais encontrado nas lojas.

A aposta é que, com a chegada do Cruze Hatch, a GM consiga finalmente marcar o território entre os hatches médios. Porém, a batalha não será fácil, logo que a Hyundai, por exemplo, também já está se preparando para a chegada da nova geração do i30.

Eu quero um Cruze Hatch!

Se você quer, você terá! Mas, ainda vai demorar um pouco. O AUTOO entrou em contato com algumas concessionárias da marca para saber se já era possível comprar o hatch e... não é. Mas, entre tantas notícias desencontradas, a maior parte das lojas diz que receberá o carro ainda no primeiro trimestre.

Segundo essas lojas, ele será cerca de R$ 3.000 mais barato que o sedã, ou seja, deverá partir de R$ 64.900 (tomando como base o valor do site da Chevrolet). Elas também afirmaram que o hatch será idêntico ao Cruze sedã que hoje é vendido nas versões LT e LTZ, ambos com motor 1.8 Ecotec com câmbio manual ou automático, os dois com seis marchas.

Como diferencial, a GM caprichou no tamanho do Cruze. A novidade tem 4,51 m de comprimento, 1,47 m de altura, 1,79 m de largura e 2,68 m de entre-eixos. O Vectra, por sua vez, perdia em tudo: 4,24 de comprimento, 1,45 m de altura, 1,75 m largura e 2,61 m de entre-eixos - isso sem falar do porta-malas do Cruze que tem espaço para 413 litros, contra 345 litros do Vectra GT.

Ao que tudo indica, as mudanças serão bem vindas para a Chevrolet. Com a ascensão constante dos hatches no mercado nacional, é certo que o Vectra não conseguiria mais suportar a pressão dos concorrentes. O Cruze chega em boa hora para fazer as pazes com os clientes da GM e cumprir o que o Vectra GT não conseguiu fazer.

Veja mais: GM quer voltar aos bons tempos com o Cruze

Assine a newsletter semanal do AUTOO!