Com conceito autônomo e versátil, Volvo quer substituir até avião

Sueca apresenta sua visão de mobilidade no futuro com novo protótipo
Volvo 360c (protótipo)

Volvo 360c (protótipo) | Imagem: Divulgação

A Volvo apresentou nesta quarta-feira (5) uma visão bem interessante de como está enxergando o futuro em um mundo de carros conectados, autônomos e não poluentes.

Por meio das benesses construtivas que um conjunto propulsor elétrico confere a um automóvel – ao liberar bem mais espaço para o habitáculo já que exige bem menos peças e componentes mecânicos – o conceito Volvo 360c mostra como um automóvel pode se transformar de uma sala de estar até um escritório sobre rodas.

Como citamos, o 360c conta com propulsão elétrica e condução completamente autônoma, não dependendo da intervenção de qualquer um dos ocupantes do carro para se deslocar. Com isso, nas palavras da Volvo, a fabricante revela por meio do 360c os quatro usos potenciais de veículos de direção autônoma: um ambiente para descansar, um escritório móvel, uma sala de estar ou um espaço de entretenimento.

Nesse contexto, a Volvo espera que modelos como o 360c possa representar “um forte concorrente para viagens de curta distância, uma indústria multibilionária composta por companhias aéreas, fabricantes de aeronaves e outros provedores de serviços. O ambiente de descanso do 360c permite viajar em uma cabine privada de primeira classe de um ponto ao outro, sem a inconveniência da burocracia dos aeroportos, filas, aviões ruidosos e apertados”, explica a montadora sueca.

Com isso, a perspectiva projetada pela Volvo é que as viagens totalmente autônomas e elétricas “ofereçam uma variedade de benefícios avançados à segurança e ao meio ambiente, como menos poluição, menos congestionamentos e vantagens relacionadas à saúde e estilo de vida para aqueles que vivem nas cidades. Também abre possibilidades de redução de preços de imóveis e maior disponibilidade de posse da casa própria”.

De acordo com a Volvo, alguns clientes de diversos setores já se interessaram pelos atributos que um potencial modelo ou serviço baseado no 360c possa oferecer. E você, o que acha da ideia promovida pela Volvo?

Assine a newsletter semanal do AUTOO!