Ford Escape híbrido plug-in pode percorrer 42 km/l; no Brasil, SUV deve chegar em versão híbrida convencional

SUV está nos planos da marca para o Brasil. Em nosso mercado, concorreria principalmente com o Toyota RAV4 híbrido
Ford Escape Plug-In Hybrid 2020

Ford Escape Plug-In Hybrid 2020 | Imagem: Divulgação

Desde o final do ano passado, a Ford já havia declarado interesse em trazer o novo Escape híbrido para o mercado brasileiro, onde concorreria de frente com o Toyota RAV4 híbrido. Enquanto a sua chegada não é confirmada, o novo Ford Escape eletrificado já é vendido na Argentina e teve o consumo de combustível de uma de suas versões revelado nos EUA.

Nas medições declaradas para o mercado norte-americano, foi avaliada a versão plugável, que pode ter as baterias carregadas em tomadas e também pelo próprio motor a combustão. Por lá, a Ford declara para este Escape híbrido um consumo médio de 42 km/l, considerando um uso misto entre cidade e estrada. O Toyota RAV4 Prime híbrido plugável por lá tem consumo declarado de 40 km/l nas mesmas condições.

Na Argentina, o Ford Escape híbrido é oferecido apenas como híbrido convencional, sem a possibilidade de carregar em tomadas. O modelo por lá custa o equivalente a R$ 260 mil. O plugável, porém, traz bateria de 14,4 kWh para o sistema, o que permite ao Escape Plug-in Hybrid capacidade para rodar até 50 km sem usar gasolina.

Em termos de motorização, o Ford Escape híbrido plugável nos EUA lança mão de um motor 2.5 aspirado a gasolina trabalhando em conjunto a um propulsor elétrico. Juntos, eles entregam 200 cv de potência, que chega às rodas por meio de uma transmissão automática de relações continuamente variáveis (CVT). Os preços do Escape Plug-in Hybrid por lá variam entre US$ 35.620 (cerca de R$ 177 mil) e US$ 38.835 (R$ 193 mil).

Ford Escape Plug-In Hybrid 2020
Ford Escape Plug-In Hybrid 2020
Imagem: Divulgação