Rival do Toyota RAV4, Ford Escape híbrido estreia na Argentina por cerca de R$ 260 mil

Modelo está nos planos da Ford também para o mercado brasileiro
Acima o Ford Escape 2020 vendido nos EUA

Acima o Ford Escape 2020 vendido nos EUA | Imagem: Divulgação

Assim como no Brasil e em vários países ao redor do mundo, a Argentina também sente as pesadas consequências da propagação do novo coronavírus. Por lá, as restrições impostas pelo isolamento social são severas e todo o comércio está com as atividades paralisadas.

Contudo, isso não impediu a Ford de apresentar, ainda que de uma forma distante do público, o novo Kuga híbrido. O SUV médio – que adota o nome Escape nos EUA – custará no país vizinho o equivalente a R$ 260 mil e chega em versão única, com um robusto pacote de assistentes de condução que engloba o alerta de pontos cegos, assistente de permanência em faixa, alerta de colisão com frenagem autônoma para pedestres e outros veículos, entre outros recursos.

Durante a apresentação do Mustang Black Shadow, realizada no fim do ano passado, o Autoo apurou que a Ford também estuda a importação do Escape/Kuga híbrido ao Brasil. Até o momento, porém, nada confirmado.

Por aqui, assim como na Argentina, o rival direto do Escape híbrido no momento é o Toyota RAV4. Hoje em dia o SUV japonês chega ao Brasil em duas configurações, no caso a S Connect (R$ 193.990) e a SX Connect (R$ 213.000), ambas compartilhando o motor 2.5 a gasolina que trabalha com outros três propulsores elétricos para entregar 222 cv de potência combinada. Algo importante da tecnologia empregada no RAV4 é o fato dele contar com tração integral. Apesar do volume de vendas do RAV4 híbrido por aqui ser discreto, com um pico de 595 emplacamentos em janeiro, o modelo gerou uma longa fila de espera na época de seu lançamento no Brasil, prova de que o público está muito interessado em veículos com essa proposta.

O Kuga híbrido destinado ao mercado argentino terá as opções de tração dianteira ou integral, sendo que ele também conta com um motor 2.5 a combustão. A potência combinada do modelo no país vizinho é de 203 cv.

Apesar dos valores elevados, o segmento de SUVs médios híbridos promete ganhar destaque nos próximos meses no Brasil. A Jeep, por exemplo, vai importar tanto o Compass como o Renegade em sua nova variante 4xe. Por tudo isso, é difícil achar que a Ford não entrará no segmento aqui.

Ainda neste ano, de qualquer forma, a marca norte-americana tem confirmada para o Brasil a estreia do Territory, um SUV que também vai atuar no segmento de médio porte, porém com valores mais acessíveis e foco nas versões de entrada do Compass. Com mecânica mais convencional, o Territory deverá estrear por aqui com motor 1.5 turbo flex. 

Acima o Ford Escape 2020 vendido nos EUA
Acima o Ford Escape 2020 vendido nos EUA
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!