Ford Ka é o carro mais barato do Brasil

A frente de Fiat Mille e chineses Effa M100 e Chery QQ, modelo custa R$ 23.600

Ford Ka 2012 | Imagem: Ford

Esqueça o Fiat Mille e os carros chineses! O carro mais barato do Brasil agora é o Ford Ka. Por R$ 23.600, ele vem equipado com um motor 1.0 Zetec RoCam flex de 73 cv, quando abastecido com etanol e 69 cv com gasolina. Como itens de série, o compacto traz rodas de aço de 13 polegadas com calotas, sistema antifurto, módulo para desligamento automático dos faróis com máscara negra e para-choques pintados na cor do veículo. 

Para ficar na primeira posição, a Ford precisou baixar o preço do Ka em apenas R$ 50 com relação ao segundo colocado Fiat Mille, que custa R$ 23.650.

Veja mais: Chinesa Haima chega ao Brasil em maio

O representante da marca italiana também faz parte do “grupo dos pelados”. Com pouco recheio, o Mille – reestilização pela última vez em 2008 – também leva um motor 1.0 que gera 65 cv com etanol e 66 cv movido a gasolina e nenhum item voltado para o conforto dos passageiros. Uma das poucas “tecnologias” embarcadas no carro é o econômetro, para medir como está o consumo do combustível.

Em contrapartida, os chineses Effa M100 e Chery QQ (que já esteve na primeira posição, antes da nova lei do IPI) provam que é possível cobrar um preço justo em carros com um nível mínimo de equipamentos de conforto e segurança – sem levar em consideração a qualidade isolada de cada produto. Ambos os modelos oferecem direção hidráulica, ar-condicionado, sistema de som, ABS, airbag frontal e custam, respectivamente, R$ 24.980 e R$ 24.990.

Carros descartáveis

Tudo bem criticar os problemas técnicos e a qualidade dos carros importados da China, mas, não podemos esquecer que grande parte dos carros nacionais foram reprovados em testes de colisão e de cinto de segurança. Segundo o instituto Latin NCAP, os carros fabricados no Brasil têm mesma qualidade dos modelos europeus de 1990. No mínimo, assustador.  

Assine a newsletter semanal do AUTOO!