GM e Ford preveem mais SUVs do que elétricos no futuro

Apesar de ambas as empresas terem anunciado esforços no sentido da eletrificação, curto prazo terá mais utilitários
Os novos Chevrolet Tahoe Z71 2021 (esq.) e o Chevrolet Suburban High Country 2021

Os novos Chevrolet Tahoe Z71 2021 (esq.) e o Chevrolet Suburban High Country 2021 | Imagem: Divulgação

Ainda não faz muito tempo que a Ford anunciou que focaria em picapes, utilitários esportivos e carros elétricos em seu futuro, deixando de lado os carros de passeio convencionais. A mesma atitude apareceu com a General Motors indo por um caminho similar de planejamento de produtos retirando sedãs e carros menores de seu catálogo.

No entanto, os planos de curto prazo para ambas as empresas mostraram que a eletrificação de veículos e carros com zero emissão de poluentes não estão no topo das prioridades dessas companhias. Documentos obtidos pela Reuters mostraram que ambas as companhias planejam alocar cerca de 5% de sua capacidade produtiva para carros elétricos.

Segundo a publicação, Ford e GM combinadas devem construir 320 mil veículos movidos a baterias até 2026. Até lá, o número previsto para utilitários esportivos e picapes produzidos no período chega a 5.000.000 de unidades combinando as duas empresas e suas marcas. Para comparação, o planejamento dos próximos seis anos para elétricos de Ford e GM prevê construir menos unidades do que a Tesla em 2019.

Enquanto isso, diz a Reuters baseada nos documentos de planejamento das empresas, Ford e GM estariam apostando seu futuro a curto prazo em satisfazer a demanda do mercado norte-americano por veículos maiores movidos a combustão interna, que podem ser vendidos com uma margem de lucro mais alta do que veículos elétricos menores e mais caros para desenvolver.

A recente queda dos preços do petróleo por conta do avanço global do novo coronavírus mostram tendência de preços menores para a gasolina no futuro próximo. A pandemia também causará uma queda na demanda por veículos novos. Tais fatores podem servir para fortalecer o compromisso de ambas as montadoras com a estratégia de utilitários e picapes grandes.

Ford F-150 2018
Ford F-150
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!