Honda e: o novo compacto elétrico inspirado no Civic dos anos 70

Modelo é o grande destaque dos japoneses no Salão de Frankfurt, na Alemanha
Honda e 2021

Honda e 2021 | Imagem: Divulgação

A Honda aproveitou o Salão de Frankfurt para apresentar o “e” (sim, o nome é este), seu mais novo compacto elétrico. O carro é a versão definitiva do protótipo que vinha sendo apresentado em diversos Salões nos últimos anos – quem não lembra do Urban EV, o simpático conceito que deu as caras no Salão do Automóvel de São Paulo em 2018?

Com visual inspirado na primeira geração do Civic, o “e” de produção manteve o estilo retrô, mas perdeu alguns itens em relação aos seus antecessores. Caso das portas suicidas (que abrem na direção contrária das convencionais), dos painéis de LED no exterior que exibiam mensagens para quem estava do lado de fora e das lanternas quadradas. Porém, duas inovações importantes foram mantidas: as câmeras no lugar dos retrovisores – a imagem é exibida em dois painéis no interior – e a ousada central multimídia com duas telas de 12,3 polegadas.

Posicionado no eixo traseiro, o motor elétrico oferece duas opções de potência: 137 cv e 156 cv. Nos dois casos o torque é de 32,1 kgfm. Com distribuição de peso perfeita (50% em cada eixo), o hatch elétrico é capaz de acelerar até os 100 km/h em menos de 8 segundos.

A autonomia é de até 220 quilômetros e, segundo a Honda, 80% da carga total pode ser obtida em apenas 30 minutos. Disponível na pré-venda em boa parte da Europa, o Honda e começa a ser entregue em 2020. Preços partem da casa de 30 mil euros.

Honda e 2021
Honda e 2021
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!