O Jaguar XE acaba de receber duas opções de motores e algumas mudanças importantes para sua linha 2018 no Brasil, com valores que partem de R$ 225.500 (R-Sport 2.0) e chegam a R$ 335.900 (XE S). Chamada de Ingenium, a nova família de motores sobrealimentados com turbocompressor oferece 250 cv na versão 2.0, a mais calma da linha. Segundo a Jaguar, ele é suficiente para levar o sedã a 100 km/h em 6,3 segundos e a uma velocidade máxima de 250 km/h. Já em sua versão mais nervosa, um 3.0 com 6 cilindros em V, o Jaguar tem 380 cv e completa a mesma prova em 5 segundos - a velocidade máxima é a mesma.

Além das novidades nos motores, a Jaguar também oferece nova suspensão Double Wishbone, na dianteira, com geometria semelhante ao do esportivo F-Type. Na traseira é usado um sistema chamado Integral Link. Junto com as novas suspensões, uma tecnologia de vetorização de torque ajuda a controlar as frenagens do XE e mantém o carro em seu melhor trajeto nas curvas. 

O Jaguar XE também é equipado com sistema de controle de tração, já tradicional no segmento. Vale destacar que a estrutura do XE é feita de 75% em alumínio e oferece certa leveza ao sedã esportivo com o menor coeficiente aerodinâmica da marca (0,26).  

Por fim, há um sistema de entretenimento digital, sensível ao toque e que oferece acesso aos diversos recursos multimídia do veículo. Na versão topo de linha (XE S) é possível equipá-lo com tela de 10,2". Bem aceito no Brasil, atualmente o Jaguar XE é o segundo modelo mais vendido da marca no país com 299 unidades comercializadas de janeiro a outubro deste ano, logo depois do crossover F-Pace, que foi a escolha de 627 consumidores no mesmo período. 

 
 
Jaguar XE 2018
 
Jaguar XE 2018
Jaguar XE 2018
Jaguar XE 2018
 
Jaguar XE 2018
Jaguar XE 2018
Jaguar XE 2018
 
Jaguar XE 2018
Jaguar XE 2018
Jaguar XE 2018
 
Jaguar XE 2018
Jaguar XE 2018
 
 

Conheça os carros mais vendidos do Brasil nos últimos 10 anos

Redação

|