Lifan ampliará linha de SUVs no Brasil em 2018

Marca comemora cinco anos desde que assumiu a operação no país e lançará dois novos utilitários esportivos no país, o X80 e um modelo ainda não revelado
Lifan X80 2018

Lifan X80 2018 | Imagem: Divulgação

Pode se afirmar que a Lifan é uma marca de carros persistente. Enquanto outras chinesas patinaram ou saíram do mercado nos últimos anos, após a chegada do Inovar Auto, a montadora da cidade de Chongqing acabava de assumir a operação no Brasil após anos constrangedores nas mãos do grupo Effa.

O que deveria ter sido trágico acabou se transformando num período de vendas respeitáveis de seus três modelos, sobretudo o SUV X60. A Lifan resolveu desembarcar oficialmente no país em outubro de 2012, quando a alíquota extra de IPI para importados já vigorava. Seis meses depois lançou o X60 que se transformou no carro chinês mais vendido do país por algum tempo.

A sacada da montadora foi estabelecer uma linha de montagem no Uruguai e com isso conseguiu fugir a sanha do governo de barrar os importados. Ao lançar um utilitário esportivo com preço acessível, a Lifan também acertou ao oferecer um produto que tinha poucos concorrentes – suas rivais ou tinham modelos antigos (Chery Tiggo) ou ainda não haviam lançado nada no segmento.

Com menor retorno, a marca também introduziu o caminhão urbano Foison e o sedã compacto 530 e chegou a estar entre as 20 marcas mais vendidas do Brasil.

Linha de SUVs

Agora, prestes a ver o Inovar Auto acabar, a Lifan volta a pensar com mais ambição no mercado brasileiro, assim como várias importadoras. A marca, inclusive, já adiantou que lançará dois novos modelos no mercado em 2018, não por acaso utilitários esportivos.

Se um deles ainda não foi revelado o outro já é conhecido e esteve no Brasil durante o Salão do Automóvel de 2016, o X80. Irmão maior do X60, ele deve custar o mesmo que um Honda HR-V mas oferecer espaço para sete passageiros. O motor é um 2.0 litros turbo a gasolina com quase 200 cv de potência, com opção de transmissão manual ou automática e supensão independente nas quatro rodas. É certo que a Lifan deverá trazer ao país a versão automática: hoje mais de 56% das vendas do X60 são do modelo com câmbio CVT.

“Queremos retomar o bom ritmo de vendas que tivemos nos 2 primeiros anos e com a chegada dos novos produtos voltar a crescer para consolidar nossa presença no mercado brasileiro”, revela Jair Leite de Oliveira, diretor comercial da Lifan.
Para isso, a Lifan promete lançar nada menos que 14 novos modelos nos próximos cinco anos. Para quem enfrentou outros cinco anos com Inovar Auto o futuro da marca parece bem mais tranquilo.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!