Medida polêmica: Paris limita velocidade dos carros em 30 km/h

Algumas vias, entretanto, seguirão isentas do limite
Exceção à nova regra, avenida Champs-Élysées terá limite maior, no caso 50 km/h

Exceção à nova regra, avenida Champs-Élysées terá limite maior, no caso 50 km/h | Imagem: Reprodução internet

Os parisienses deverão conviver com uma medida um tanto quanto polêmica a partir desta segunda-feira (30).

Começou a vigorar na capital francesa um novo limite de velocidade mais abrangente para automóveis, que será de 30 km/h.

A medida já estava em vigor em cerca de 60% das vias da cidade, porém agora passa a cobrir todo o território.

De acordo com a administração pública, apenas algumas vias principais e de maior fluxo, como a avenida Champs-Élysées, seguirão isentas, entretanto com um limite de 50 km/h. 

Segundo o vice-prefeito de Paris, David Belliard, o limite de 30 km/h tem como objetivo "encorajar as caminhadas, o ciclismo e o uso do transporte público", revelou a autoridade em entrevista para a rádio Franceinfo

Na avaliação de Belliard, o baixo limite de velocidade não é uma medida contra o uso dos automóveis, mas tem o objetivo de que eles sejam colocados nas ruas apenas para “viagens essenciais”. 

Outras cidades francesas, como Bordeaux, Estrasburgo e Toulouse, também adotam limites de 30 km/h para os carros. 

A administração atual de Paris proibiu carros antigos a diesel e liberou as margens do rio Sena da circulação de automóveis. 

A gestão também vai reduzir as vagas de estacionamento na cidade, porém, como contrapartida a todas essas decisões, está construindo vários quilômetros de novas ciclovias pela cidade.