Nissan V-Drive deverá ter quatro versões, antecipa site

Nova designação para o Versa nacional ainda vai preservar um catálogo robusto
Nissan Versa 2018

Nissan Versa 2018 | Imagem: Divulgação

Já é fato que a nova geração do sedan compacto Versa será oferecida no Brasil a partir do segundo trimestre de 2020. Outro ponto é que a Nissan vai aproveitar a oportunidade para complementar sua linha de sedans mais acessíveis, uma vez que atual geração do modelo seguirá produzida em Resende (RJ), porém adotando o nome V-Drive. A mesma estratégia também foi adotada no México, de onde receberemos o novo Versa.

O Autos Segredos publica nesta semana uma informação relevante sobre o Nissan V-Drive, no caso mais detalhes sobre o seu catálogo de configurações.

De acordo com a apuração do site, o Nissan V-Drive deverá ter um leque de versões relativamente amplo, contemplando ao todo quatro opções. 

A mais acessível, que deverá ser chamada apenas V-Drive 1.0, segue com o motor de menor deslocamento. Logo acima estarão duas versões com motor 1.6 e câmbio manual (V-Drive 1.6 e V-Drive 1.6 Plus). Quem quiser uma opção com motor 1.6 e câmbio automático ficará restrito a apenas uma opção, a topo de linha V-Drive 1.6 Plus.

Enquanto a nova geração do Versa deverá ser oferecida em versão única e sempre equipada com motor 1.6 e câmbio CVT inicialmente, o futuro V-Drive terá ainda na versão de entrada o motor 1.0 flex tricilíndrico capaz de gerar até 77 cv de potência e 10 kgfm de torque acoplado a um câmbio manual de cinco marchas.

O câmbio será o mesmo para o 1.6 16V de quatro cilindros flex entregando até 111 cv e 15,1 kgfm, mas, quando equipado com esse propulsor maior, haverá a opção pela transmissão automática de relações continuamente variáveis CVT.

Apenas como referência, hoje em dia a configuração mais acessível do Nissan Versa, a 1.0 Conforto, parte de R$ 52.990. A opção topo de linha SL CVT, que conta com motor 1.6 16V e câmbio automático, é tabelada em R$ 72.190.  

Nissan Versa 2018
O atual Versa produzido em Resende (RJ) torna-se V-Drive quando a nova geração estrear por aqui
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!