Nos EUA, novo Nissan Sentra estreia mais barato que o Corolla

Nova geração do sedã para o mercado norte-americano ficou mais cara, mas ganhou mais equipamentos de segurança
Nissan Sentra 2020

Nissan Sentra 2020 | Imagem: Divulgação

Depois de mostrar a nova geração do Sentra no Salão de Los Angeles (EUA), a Nissan revelou os preços para o modelo naquele mercado. Os valores agora partem de US$ 19.090 (R$ 78,4 mil) na versão de entrada S que ficou US$ 1.100 (R$ 4,4 mil) mais cara. A intermediária SV custa US$ 20.270 (R$ 83,2 mil), enquanto a topo de linha SR sai por US$ 21.430 (R$ 88.810). Ainda não há confirmação para a chegada do modelo ao mercado brasileiro.

No mercado dos EUA, o novo Sentra chegou mais caro que o VW Jetta, que custa US$ 18.895 (R$ 76,7 mil). No entanto, sai mais em conta que os atuais Honda Civic e Toyota Corolla, que custam respectivamente US$ 19.750 (R$ 80,2 mil) e US$ 19.600 (R$ 79,2 mil).

Uma das justificativas da Nissan para ter aumentado o preço da nova geração do Sentra na comparação com a anterior foi a inclusão do sistema Safety Shield 360 em todas as versões, o qual incorpora recursos como a frenagem automática de emergência, alerta de ponto cego, alerta de tráfego cruzado traseiro, alerta de saída de faixa, assistente de farol alto e frenagem automática para manobras em marcha ré.

A nova geração do Nissan Sentra adotou a plataforma modular CMF-C/D, compartilhada com outros modelos de porte médio do grupo Renault-Nissan. Nas medidas, são 4,64 m de comprimento, 1,81 m de largura, 1,45 m de altura e 2,71 m de entre-eixos. Comparando com a geração anterior, o sedã ficou 10 mm mais comprido, 50 mm mais largo e 50 mm mais baixo. Sob o capô, o Sentra vendido nos EUA é sempre equipado com o motor 2.0 aspirado de quatro cilindros capaz de entregar 151 cv de potência e 20 kgfm de torque. A única opção de câmbio é automático do tipo CVT, com relações continuamente variáveis.

Nissan Sentra 2020
Nissan Sentra 2020
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!