Nova geração da Mitsubishi L200 pode ser lançada no fim de 2021

Modelo deve ser ainda maior, buscando alcançar Toyota Hilux e Ranger
Mitsubishi L200 Triton 2020

Mitsubishi L200 Triton 2020 | Imagem: Divulgação

Grande estrela da Mitsubishi, a picape L200 Triton Sport brasileira receberá o mesmo facelift que já circula em mercados do exterior no ano que vem. Enquanto isso, a fabricante japonesa já se prepara para um passo mais ousado, no caso a nova geração da picape. Segundo a imprensa especializada internacional, o lançamento da novidade é esperado para o fim de 2021, muito provavelmente inaugurando a linha 2022 da picape.

Ao ser entrevistado para o portal australiano GoAuto, o vice-presidente e gerente-geral de design da marca, Tsunehiro Kunimoto, disse que uma prioridade para a L200 é se adequar à Toyota Hilux e Ford Ranger, principais rivais da picape no mercado australiano.

A L200 é muito famosa em diversos países e, na entrevista durante o Salão de Tóquio, o executivo destacou que a Mitsubishi focará na personalização, já que o mercado consumidor de cada país exige uma picape versátil.

"Algumas áreas podem ser compartilhadas, mas devemos ajustar o produto conforme as demandas locais. Mais de 50% dos clientes customizam suas picapes, então a próxima geração será preparada para isso”, explicou o executivo

Durante o Salão de Tóquio, a Mitsubishi apresentou o conceito MI-Tech, uma espécie de buggy. Com grande porte, caixas rodas bem pronunciadas, uma linha de capô bem alta e interior minimalista e espaçoso, alguns detalhes podem servir para projetar as linhas da futura L200 de sexta geração.

Quando perguntado sobre o quão diferente a L200 será da próxima geração da Nissan Frontier, o executivo respondeu que "a Nissan ainda é uma folha em branco". É esperado que a Frontier e L200 compartilhem componentes mecânicos e talvez até a plataforma, já que agora as duas marcas compõem a aliança global ao lado da Renault.

Podemos esperar também uma versão híbrida leve (mild-hybrid) para as futuras picapes de Nissan e Mitsubishi, caminho pelo qual a Toyota também deverá seguir para a evolução da Hilux. No fim de 2018, o Autoo teve a oportunidade de entrevistar Koichi Namiki, responsável mundial pela área de veículos comerciais da fabricante, o qual destacou que a presença de um conjunto propulsor híbrido na próxima geração da L200 é algo “muito coerente”. Vamos acompanhar de perto as evoluções sobre o projeto da nova Mitsubishi L200. 

Conceito MI-Tech: linhas podem influenciar design da próxima geração da L200
Conceito MI-Tech: linhas podem influenciar design da próxima geração da L200
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!