A Ford confirmou às revistas Auto Esporte e Carro que a nova geração do Fiesta chegará ao Brasil já no 2º semestre. Vinda do México, a versão sedã será a primeira delas. Como se especulava, a montadora não pretende substituir o atual Fiesta, que acaba de receber uma nova reestilização, e sim competir no segmento de compactos premium e sedãs médios despojados.

Com isso o novo Fiesta Sedan conviverá com o atual e fará a ligação entre ele e o Focus. A meta é enfrentar modelos como o Honda City e o Fiat Linea, além do Kia Cerato, que anda fazendo sucesso, ou seja, numa faixa entre R$ 45 mil e R$ 50 mil. Certamente, o carro terá mais equipamentos e a boa notícia é que a qualidade de construção terá de ser alta já que é o mesmo veículo exportado para os Estados Unidos.

O motor é o Sigma 1.6 flex produzido no Brasil, e a versão hatch virá em seguida para enfrentar Punto e Polo, entre outros. Acredita-se que a Ford pretenda produzi-lo em Camaçari num futuro breve, apesar dessa fábrica estar hoje no limite de utilização.

Conheça os carros mais vendidos do Brasil nos últimos 10 anos

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/