Próxima geração da Nissan Frontier vai aproveitar elementos da Mercedes-Benz Classe X

Enquanto as atuais gerações das caminhonetes compartilharam o desenvolvimento, modelo alemão teve melhorias de chassi
Nissan Frontier 2020

Nissan Frontier 2020 | Imagem: Divulgação

A parceria entre Renault, Nissan e Mercedes-Benz parecia improvável. No entanto, além de um motor 1.3 turbo da alemã que será usado no Duster, as marcas desenvolveram de forma conjunta uma família de caminhonetes. Daí surgiram, respectivamente, Alaskan, a atual Frontier vendida no Brasil e a Classe X.

Apesar de iguais, um dos três modelos era “mais igual que os outros”. Isso ocorre porque a Mercedes-Benz, ainda utilizando o conjunto desenvolvido com a Renault-Nissan, adotou algumas soluções exclusivas no chassi de longarina da Classe X, com o intuito de reforçar a resistência do conjunto e oferecer maior robustez que Alaskan e Frontier.

Enquanto a marca alemã abandonou a Classe X por conta das vendas baixas, a Nissan já está trabalhando em uma nova geração da Frontier como parte de um plano que inclui vários lançamentos nos próximos anos. A marca está buscando uma reestruturação e é possível que a atual Frontier conviva com a nova geração nas lojas, porém adotando um novo nome. O mesmo deverá ocorrer em breve com a nova geração do Versa, que manterá o carro antigo em produção com o nome V-Drive

Informações do Argentina Autoblog dão conta de que a próxima geração da Nissan Frontier, que permanecerá sendo produzida no país vizinho, deverá adotar as soluções colocadas em prática na Mercedes-Benz Classe X, especificamente um reforço nas longarinas que havia sido projetado pelos os alemães exclusivamente para a picape de luxo. O novo componente também ajuda a refinar o comportamento dinâmico da caminhonete bem como aumenta a rigidez torcional. 

Segundo o veículo de imprensa argentino, a futura nova geração da Nissan Frontier já poderá ter seu novo chassi estudado pela divisão local da fabricante entre o fim deste ano e o começo de 2021. Outra alteração importante que será adotada, de acordo com a publicação, será a barra interna de suporte do painel. Ela será modificada para dar comportar uma central multimídia com tela maior que a do modelo atual.

Mercedes-Benz Classe X 2019
Mercedes-Benz Classe X 2019
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!