Nova Toyota Hilux se destaca em teste de colisão

Latin NCAP divulga novos testes com sete modelos; compactos VW Fox e Nissan March decepcionam

Toyota Hilux | Imagem: Divulgação

O Latin NCAP (Programa de Avaliação de Carros Novos para América e o Caribe), divulgou nesta terça-feira mais alguns testes realizados com modelos à venda na região.

O destaque positivo vai para a nova geração da Toyota Hilux, que já está sendo produzida na Argentina e comercializada no Brasil. O modelo repetiu a boa avaliação da unidade tailandesa avaliada em setembro deste ano e também atingiu a excelente marca de 5 estrelas tanto para a proteção de adultos como para crianças.

Uma novidade importante, que ajuda a dar sinais de que ele também chegará ao Brasil, é a avaliação do Hyundai Creta. O modelo, um SUV compacto, foi importado da Índia e deixou a desejar no resultado final, com 4 estrelas para a proteção de adultos e apenas 3 para crianças. “A falta de equipamentos como os freios ABS, lembrete de cinto de segurança para o passageiro e o fato de o fabricante não ter patrocinado o teste de impacto lateral limitou a qualificação. A configuração do equipamento foi feita pela matriz do fabricante. A falta deste equipamento padrão como versão básica neste modelo decepciona o Latin NCAP, considerando que são importantes para a segurança dos passageiros, junto com o controle eletrônico de estabilidade, que sua concorrência incluiu, como o Jeep Renegade e o Honda HR-V”, explicou a entidade independente de segurança viária. 

O Volkswagen Fox, com 4 estrelas para adultos e apenas 2 para crianças, assim como o Nissan March, com 4 e 1 estrela, respectivamente, deveriam entregar resultados melhores. “A Nissan tinha patrocinado o teste do March em 2011. Nesse momento, o Latin NCAP tinha ressaltado a estrutura instável do March em comparação com a versão europeia chamada Micra, testada pelo Euro NCAP em 2010. O Latin NCAP destaca agora as melhorias que a Nissan fez neste modelo. [Porém] a baixa pontuação atingida para a proteção infantil se deve à falta de cintos de três pontos em todas as posições, à falta de possibilidade de desconectar o airbag do acompanhante, à má sinalização de advertência de quando se coloca um sistema de retenção infantil voltado para trás e à falta de ancoragens ISOFIX”, declarou o Latin NCAP.

O sedã Nissan Versa, que compartilha o mesmo projeto com o March, terminou a avaliação com 4 estrelas na proteção para adultos e apenas 2 para o passageiro infantil. Já o Toyota RAV4, importado do Japão, foi bem melhor e conseguiu 5 estrelas para a proteção de adultos e 4 para crianças.

Por fim, o Latin NCAP também avaliou a nova geração do Mitsubishi Montero Sport, modelo que é conhecido como Pajero Sport no Brasil e começará a ser vendido por aqui em breve. O SUV grande recebeu 5 estrelas para o ocupante adulto, porém só 3 para o passageiro infantil. “A criança de 18 meses recebeu boa proteção, mas a cabeça da criança de três anos entrou em contato com o banco do motorista causando uma perda de pontos. O encosto do banco traseiro, por trás do dummy de três anos, se soltou no teste”, alerta o Latin NCAP.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!