Novo Corolla brasileiro será o ''híbrido mais limpo do mundo''

Toyota apresenta detalhes do conjunto propulsor híbrido flex que vai figurar no sedan
Toyota Corolla 2020

Toyota Corolla 2020 | Imagem: Divulgação

Um dos lançamento mais esperados do ano, em especial pela reputação que conquistou no mercado brasileiro, a 12ª geração do Toyota Corolla deverá chegar às concessionárias até o fim deste ano trazendo como um de seus principais destaques o conjunto propulsor híbrido flex. Com isso, o Corolla produzido em Indaiatuba (SP) será o primeiro automóvel no mundo com esse tipo de conjunto mecânico a aceitar etanol, gasolina ou a mistura de ambos em qualquer proporção.

Nesta semana a Toyota antecipou alguns detalhes sobre o que vai figurar sob o capô do sedan médio em sua nova geração. De acordo com a material prévio informado pela marca, o novo Corolla nacional vai combinar um propulsor a combustão de 101 cv com outro motor elétrico de 72 cv. A potência e o torque combinados ainda não foram revelados. É interessante destacar que, no caso de modelos híbridos, não basta apenas somar as duas potências, uma vez que perdas ocorrem no sistema e muitas vezes a potência combinada resulta em um valor bem menor do que a soma pura e simples dos valores oriundos de cada um dos motores. Provavelmente a marca deixará para informar os detalhes técnicos completos apenas no lançamento do sedan.

De qualquer forma, a Toyota adianta que o Corolla híbrido flex nacional “será o automóvel movido a etanol mais eficiente do Brasil e o híbrido mais limpo do mundo. Quando abastecido com etanol, seu potencial de compensar as emissões do CO2 o tornam um dos híbridos mais limpos do mundo. Mesmo assim, ele não perde em performance, dirigibilidade e conforto”.

Olhando para o bem estar dos ocupantes a bordo, a Toyota também antecipa que o motor elétrico do novo Corolla bem como o isolamento acústico mais trabalhado da cabine deverá oferecer um tratamento ainda melhor para os passageiros.

Assim como ocorre atualmente com o Prius, a Toyota vai oferecer 8 anos de garantia para o sistema híbrido envolvendo defeitos de fabricação ou montagem do conjunto em questão. Construído sobre a mesma plataforma do Prius, no caso a TNGA, o novo Corolla deverá contar também com o sistema Safety Sense em sua configuração topo de linha. Assim como ocorre no novo RAV4, o pacote avançado de tecnologia contempla recursos como o controle de cruzeiro adaptativo, alerta de colisão com frenagem autônoma de emergência, farol alto com comutação automática e o assistente de permanência em faixa com correção ativa.

 

Toyota Corolla 2020
Toyota Corolla 2020
Imagem: Divulgação

 

 

Assine a newsletter semanal do AUTOO!