Novo Nissan Sentra: mexicanos avaliam o modelo e vêem revolução no carro

Nova geração do sedã começou a ser vendida na América do Norte em janeiro e deve chegar ao Brasil
Nissan Sentra 2020

Nissan Sentra 2020 | Imagem: Divulgação

A Nissan apresentou a nova geração do Sentra no final do ano passado e suas vendas tiveram início nos EUA ainda em janeiro de 2020. O modelo agora começa a chegar no México e, enquanto o sedan não tem previsão de ser renovado no mercado brasileiro, já está impressionando por sua evolução.

O site mexicano Motorpasión avaliou esse novo Nissan Sentra em um breve contato em pista por lá na configuração mais completa, a Exclusive CVT. No México, o carro conta com um motor 2.0 a gasolina de 145 cv aspirado. As versões de entrada trazem câmbio manual de série, mas o automático de relações continuamente variáveis (CVT) é opcional. Para as versões mais completas, apenas o CVT está disponível.

Os preços do novo Nissan Sentra naquele mercado variam entre 309.900 pesos mexicanos e 465.500 pesos mexicanos, ficando entre R$ 74,5 mil e R$ 111,9 mil. A publicação mexicana elogiou bastante as novas linhas, que integraram a linguagem visual mais recente da Nissan, além de considerá-lo um dos sedãs médios mais acessíveis daquele país em seu segmento.

Nissan Sentra 2020
Nissan Sentra 2020
Imagem: Divulgação

Nas mãos dos mexicanos, o Nissan Sentra passou praticamente sem ressalvas. Foi levantado apenas que os 145 cv do motor 2.0 são pouco para as versões mais caras, pois, com valor similar, pode-se ter por lá modelos com performance maior. O freio de estacionamento, acionado por pedal, também causou estranheza. Mas ficou só nisso. A qualidade da cabine foi elogiada e descrita como “não muito radical, mas com bons materiais”.

No entanto, dois pontos foram considerados uma revolução desse novo Nissan Sentra no México. O primeiro foi a suspensão traseira, que deixou de ser por barra de torção e adotou um sistema independente. As melhorias foram notadas tanto no comportamento dinâmico quanto em conforto ao rodar.

O segundo ponto bastante elogiado pelo Motorpasión foi a quantidade de equipamentos de segurança disponíveis para o novo Sentra. Dependendo da configuração, ele pode sair de fábrica com itens como frenagem autônoma de emergência, alerta de colisão frontal, monitor de ponto cego, assistente de manutenção de faixa e controle de cruzeiro adaptativo. 

Até o momento a Nissan não bateu o martelo sobre a importação do novo Sentra ao Brasil, mas especulações nos bastidores sinalizam que o sedan deve desembarcar por aqui no ano que vem. 

Acima o Nissan Sylphy, nome adotado pelo Sentra na China
Detalhe do interior do novo Sentra vendido na China, onde recebe o nome Sylphy
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!