O que falta para o Citroën C5 Aircross chegar ao Brasil?

Já comercializado na Argentina, SUV médio seria uma aposta interessante por aqui
Citroën C5 Aircross

Citroën C5 Aircross | Imagem: Divulgação

Em um anúncio feito em 2019, quando era comemorado o centenário da Citroën, a principal executiva da marca no Brasil à época, Ana Theresa Borsari, revelou que a empresa tinha nos planos lançar um modelo inédito por ano em nosso país até 2023.

Sequer poderíamos imaginar que, um ano depois, enfrentaríamos uma crise sanitária global e até mesmo a Citroën passaria a fazer parte de um novo conglomerado, no caso a Stellantis. 

O avanço da pandemia e seus reflexos no Brasil e ao redor do mundo certamente resultaram em duras sequelas para a estratégia da Citroën. A partir deste ano, contudo, o cronograma de lançamentos para o mercado brasileiro será retomado com a estreia do novo C3

Outro produto da gama Citroën no exterior que merece nossa atenção é o C5 Aircross, SUV médio que foi lançado há um ano na Argentina e segue cotado para o Brasil. 

Com exatos 4,50 m de comprimento e 2,73 m de entre-eixos, o C5 Aircross tem porte equivalente ao de VW Taos, Toyota Corolla Cross e Jeep Compass, sendo um interessante rival para o trio, além, é claro, do conterrâneo Peugeot 3008. 

Ao menos na Argentina, o C5 Aircross chegou apenas com o motor 1.6 THP trabalhando em conjunto com o câmbio automático de 6 marchas. Bem equipado, o modelo traz bom conteúdo de tecnologia, com destaque para o alerta de colisão com frenagem autônoma de emergência, assistente de permanência em faixa, alerta de pontos cegos, entre outros. 

No Brasil 

Se já está na Argentina desde 2020, o que falta para o Citroën C5 Aircross chegar ao Brasil? 

Nesta semana, um flagra muito revelador publicado no fórum Worldscoop Europe nos ajudou a entender um possível motivo para o atraso do C5 Aircross no Brasil. 

Um protótipo do modelo com partes da dianteira e da traseira camufladas sinalizam que a Citroën está trabalhando no facelift de meio-ciclo do modelo.

Flagra publicado em fórum europeu deixa claro onde ficarão concentradas as novidades para o C5 Aircross
Flagra publicado em fórum europeu deixa claro onde ficarão concentradas as novidades para o C5 Aircross
Imagem: Worldscoop Europe/reprodução internet

O C5 Aircross foi revelado em 2017 na China, portanto é muito provável que a atualização do SUV chegue aos mercados onde ele é comercializado a partir de 2022. 

Logo, faria mais sentido a Citroën aguardar a renovação do SUV para lançá-lo aqui no Brasil. 

Informações da mídia especializada europeia também não descartam que ao menos a revelação do C5 Aircross atualizado poderá ocorrer até o fim deste ano. 

As atualizações do modelo devem ser concentradas na grade frontal e nos faróis, enquanto as lanternas deverão ser revistas. Na parte interna, uma melhora esperada para o SUV é a inclusão de uma tela maior para a central multimídia. 

Eletrificação 

Mecanicamente o C5 Aircross não deverá ter mudanças significativas, sendo que, na Europa, o SUV médio conta como opções de motores o 1.2 PureTech turbo com injeção direta, o 1.6 THP já mencionado, além do 1.5 BlueHDi turbo diesel. 

Um ponto interessante envolvendo o modelo e que o aproxima do Brasil é a presença de uma opção híbrida plug-in.

A Citroën, no mesmo evento realizado em 2019, comentou que tem nos planos para o Brasil oferecer um modelo eletrificado, o que faz do C5 Aircross uma escolha com muito apelo.

Presença de opção híbrida plug-in é algo que deixa o C5 Aircross mais próximo do Brasil
Presença de opção híbrida plug-in é algo que deixa o C5 Aircross mais próximo do Brasil
Imagem: Divulgação