Argentinos já andaram no Citroën C5 Aircross; veja o que acharam

Novo utilitário esportivo da marca francesa chegou por lá apenas com uma opção de motorização e transmissão
Citroën C5 Aircross 2020

Citroën C5 Aircross 2020 | Imagem: Divulgação

A Citroën apresentou ao mercado argentino o novo C5 Aircross no início de julho. Utilitário esportivo de porte semelhante ao de um Jeep Compass, por exemplo, compartilha a plataforma com os Peugeot 3008 e 5008 atuais também oferecidos no Brasil. Enquanto a novidade está prevista, mas até o momento não tem uma previsão de estreia no Brasil, resta saber o que os argentinos acharam do C5 Aircross para ter um gostinho da novidade.

O Argentina Autoblog conseguiu avaliar por lá o SUV na versão Feel Pack. Importado da França, o modelo é comercializado em dólar naquele país e custa US$ 48.395, ou cerca de R$ 249,9 mil na conversão direta. No país vizinho, porém, há mais desafios do que se imagina no Brasil. Por lá, tanto Peugeot quanto Citroën ganharam uma má fama recentemente por trazer modelos luxuosos e caros, mas que, por serem importados, foram descontinuados após breves períodos de comercialização.

Citroën C5 Aircross 2020
Citroën C5 Aircross 2020
Imagem: Divulgação

Falado do carro em si, a publicação considerou que o visual do Citroën C5 Aircross traz uma diferenciação agradável aos modelos Peugeot de mesma plataforma. No lugar das linhas fortes, sérias e marcadas da dupla 3008 e 5008, o C5 Aircross traz mais curvas e acrescenta suavidade à carroceria do utilitário esportivo.

No quesito mecânico, os argentinos se mostraram decepcionados com a escolha pelo motor 1.6 turbo (THP) e câmbio automático de seis velocidades. É um conjunto já utilizado por outros produtos da PSA há anos e não está a par com que é oferecido na Europa. No país vizinho, o propulsor entrega 165 cv de potência e 24,5 kgfm de torque sempre abastecido com gasolina. O conjunto mecânico foi descrito mais como cumpridor do que esportivo ou emocionante, apenas.

Citroën C5 Aircross 2020
Citroën C5 Aircross 2020
Imagem: Divulgação

Por dentro, a cabine do Citroën C5 Aircross foi elogiada pelo design diferenciado com elementos que evocam uma experiência diferente dos modelos Peugeot. Porém, sem lançar mão de uma grande tela multimídia ou de botões ao estilo de pianos como no 3008, o C5 Aircross é um pouco mais simples.

Além de trazer bons materiais para o acabamento na cabine, os bancos mesclando tecido e couro foram uma escolha estranha aos olhos argentinos, ainda mais considerando o preço do modelo. Apesar disso, eram muito confortáveis. Outra vantagem da cabine do C5 Aircross era a modularidade. Com cinco bancos individuais, a fileira traseira pode ser ajustada em profundidade, dando a possibilidade de se ter mais espaço para pernas ou para o bagageiro.

Citroën C5 Aircross 2019
Citroën C5 Aircross 2019
Imagem: Divulgação

O porta-malas pode levar 580 litros com os bancos todos para trás, ou até 720 com a fileira em posição mas avançada. Com tanto espaço de sobra no bagageiro, os argentinos não viram com bons olhos a escolha da Citroën de equipar o C5 Aircross com um estepe de uso temporário, sendo que uma peça integral caberia sem dificuldades.

A publicação argentina relembrou a fama de conforto dos modelos da Citroën no passado, com os sistemas hidropneumáticos famosos por quebrarem e terem manutenção cara. Assim, o uso de amortecedores e molas mais convencionais não surpreendeu. O que surpreendeu foi o conforto atingido com um conjunto normal, citado como “o carro mais confortável à venda da Argentina”, seja em asfalto ou em estradas de cascalho e terra.

Citroën C5 Aircross 2020
Citroën C5 Aircross 2020
Imagem: Divulgação

Por último, mas não menos importante, os argentinos elogiaram a escolha da Citroën de trazer um bom nível de equipamentos de segurança de série, mesmo que em sacrifício de um acabamento menos luxuoso e uma central multimídia simples. Por lá, o C5 Aircross traz de série itens como frenagem autônoma de emergência, sistema de manutenção de faixa, reconhecimento de sinais de trânsito e alerta de cansaço do condutor.

Citroën C5 Aircross 2019
Citroën C5 Aircross 
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!