O tamanho do motor pode influenciar a depreciação de um veículo?

Interessante pesquisa aponta quais são os motores mais e menos valorizados
Peugeot 208 2017

Peugeot 208 2017 | Imagem: Divulgação

Um estudo de mercado publicado pela KBB Brasil analisou dados de depreciação dos mais variados veículos a venda no mercado nacional e buscou a influência do tamanho dos motores na depreciação do veículo. Segundo a pesquisa, não existe padrão para a queda de preço em relação ao tamanho dos motores, mesmo no Brasil onde carros 1.0 ou 1.4 ainda são estigmatizados como carros fracos.

Para uma análise mais justa, o estudo levou em conta 300 veículos de ano-modelo 2019 e separou os motores em dois grupos: carros de alto volume de produção, com motorização entre 1.0 e 2.0 e veículos de alto luxo, que geralmente possuem motores maiores e possuem índice de depreciação diferenciado. Nesse caso, os veículos de luxo partiram da casa dos R$ 200 mil.

Dentre os veículos com maior volume de mercado, o motor 1.2 possui a menor perda de valor, com taxa de 6,45%. Em contramão, o 1.4 soma a maior depreciação com 11,55% de queda. No caso de carros de luxo, o automóvel com motor 3.8 apresenta o menor índice com 3,43%, diferentemente do 4.0 que mais deprecia com porcentagem de 8,06%. 

No segmento de veículos com maior número de produção, o menor índice de desvalorização dos 1.2 pode ser explicado por conta dos representantes: Peugeot 208 e Citroën C3, especialmente o Peugeot, que possui um bom acabamento, ainda ostenta o título de mais econômico do país.

Os motores 1.4 possuem uma oferta muito mais vasta de veículos, desde o Onix de primeira geração até o atual Volkswagen Jetta, no caso com o 1.4 TSI. Analisando a dupla Onix/Prisma, os dois são veículos de alto volume e muito utilizados para transporte de passageiros por meio de aplicativos, o que explica parte da desvalorização mais acentuada. No caso do Volkswagen, uma apreensão em relação a manutenção do motor turbo pode fazer com que o mercado evitem esse tipo de motorização.

DEPRECIAÇÃO POR MOTOR:

 CARROS DE MAIOR VOLUME DE MERCADO

DEPRECIAÇÃO POR MOTOR:

CARROS DE LUXO

TIPO DE MOTOR

MÉDIA DE DEPRECIAÇÃO (%)

TIPO DE MOTOR

MÉDIA DE DEPRECIAÇÃO (%)

1.0

-10,20%

2.0

-5,02%

1.2

-6,45%

2.5

-6,63%

1.3

-8,26%

3.0

-6,99%

1.4

-11,55%

3.8

-3,43%

1.5

-8,65%

4.0

-8,06%

1.6

-10,93%

4.4

-4,41%

1.7

-10,26%

 

1.8

-10,99%

 

2.0

-10,48%

 

 

Assine a newsletter semanal do AUTOO!