Por R$ 235 mil, qual picape levar: Ford Ranger básica ou Maverick topo de linha?

A primeira leva vantagem na caçamba com capacidade superior, a segunda no motor mais potente
Pelo mesmo preço é possível levar uma picape  Ford Maverick equipada ou uma Ranger básica; veja prós e contras

Pelo mesmo preço é possível levar uma picape Ford Maverick equipada ou uma Ranger básica; veja prós e contras | Imagem: Divulgação

Logo atrás dos SUVs, as picapes são o novo sonho de consumo dos brasileiros. Boa altura de dirigir e espaço interno são algumas vantagens deste tipo de segmento.

VEJA TAMBÉM:

Além da grandalhona F-150 que custa R$ 480 mil, a  Ford tem em seu mix de produtos mais dois representantes: a argentina Ranger e a mexicana Maverick que conta com uma variante híbrida. Mas com um orçamento de R$ 235 mil, resolvemos apontar o que cada uma das cabines-duplas tem a oferecer de melhor.

Ford Ranger XLT

Ford Ranger 2024
Ford Ranger tem na versão intermediária uma opção com o essencial e vatente em qualquer tipo  de piso
Imagem: Divulgação

Por essa quantia, a versão da Ranger é a XLS 2.0 Diesel 4x2 automática, cujo motor 2.0 oferece até 170 cv a 3.500 rpm de potência e torque de 41,3 kgfm a 2.000 rpm. A velocidade máxima declarada é de 164 km/h. É o mesmo motor da van Transit e disponível para as opções de entrada e intermediária da picape. O câmbio é sempre o automático com seis marchas para todas as versões. Na prova de desempenho, no 0-100 km/h bastam 12 segundos para empurrar seus mais de 2 mil kg. Além disso, outro ponto positivo está no consumo de combustível: 10,1 km/l na cidade e 12,4 km/l na estrada, de acordo com o Inmetro.

Se você realmente usá-la como picape, os 1.250 litros de capacidade da caçamba e 1.037 de carga útil - determinada pela quantidade de peso capaz de transportar sem provocar danos no veículo - não vão te desapontar. A culpa disso é a suspensão traseira formada pelo tradicional eixo rígido com feixe de molas semielípticas. À frente, é do tipo independente com braços sobrepostos e mola helicoidal. Além disso, ela vem com um chassi repaginado, com novo conjunto de longarinas e travessas.

Ford Maverick Lariant FX4

Ford Maverick 2022
Ford Maverick é mais voltaa para uso no asfalto, como uma espécie de SUV com caçamba
Imagem: Divulgação

No caso da Maverick Lariat FX4, por ser monobloco, goza de maior conforto e estabilidade para uso na cidade e em rodovias. Ela tende mais para a esportividade, por conta de seu visual menos conservador tradicional das picapes e, claro, do propulsor mais “forte”. Movida por um 2.0 a gasolina, são quase 253 cv a 5.500 rpm (83 cv a mais que a Ranger), mas o torque é de 38,7 kgfm a 3.000 rpm, 2,6 kgfm a menos que a primeira candidata.

Associado a uma transmissão automática de oito marchas, traz um consumo de 8,8 km/l no ciclo urbano e 11,1 km/l no rodoviário. Portanto, é um modelo mais voltado para estradas, ainda que a sua tração seja integral sob demanda, o mesmo sistema empregado na Fiat Toro a diesel. Estão aí os dados de desempenho para comprovar: 0 a 100 km/h em 7,2 segundos, reforçando que estamos falando de um “corpo” de quase 1,8 tonelada. A velocidade final é de 175 km/h. Para pará-la, a Ford adotou freios a disco nas quatro rodas, ventilado na dianteira e sólido na traseira, enquanto que na Ranger, eles são do tipo disco ventilado e tambor, nessa ordem.

A capacidade de caçamba é menor, mas nem por isso faz feio: 943 litros, um pouco maior que a  Fiat Toro (937 l) e Chevrolet Montana (874 l). À frente, a Maverick usa suspensão independente do tipo McPherson e mola helicoidal e na traseira independente multibraço e mola helicoidal. É a configuração mais apropriada por quem passa a maior parte do tempo dirigindo e exige mais conforto. A capacidade máxima de carga útil é de satisfatórios 617 kg.


Qual delas oferece mais em nível de equipamentos?

Ford Maverick 2023
Ford Maverick se mostra mais sofisticada e com interior diferenciado na comparação com o da Ranger
Imagem: Divulgação

Com R$ 235 mil para gastar com uma picape, a Maverick pode ficar mais esportiva com a linha de acessórios originais Ford. O extensor de caçamba ou o jogo de molduras de para-lama dianteiro e traseiro, por exemplo, podem chegar até mais de R$ 7.500, dependendo da autorizada. Lembrando que a picape média tem preço de R$ 224.890, sem os apetrechos.

No caso da Ranger, o valor base dela é de R$ 234.990 sem a possibilidade de gastar mais com o orçamento definido. De qualquer maneira, vem bem recheada com ajuste elétrico dos faróis, assistente de emergência 24 horas, comando de voz em português nativo, tampa traseira com assistente de abertura e fechamento e muito mais.

Ford  Ranger XLT
Ford Ranger XLT vem com bom espaço interno, e central multimídia com tela grande na vertical
Imagem: Divulgação

A Maverick oferece bancos elétricos com 8 ajustes (motorista) e seis ajustes  (passageiro), ganchos de reboque dianteiro, farol e farol alto automáticos (na Ranger só o farol), luzes de condução diurna (DTRL), sensor de monitoramento da pressão dos pneus (TPMS), ganchos de fixação de cadeiras de crianças (ISOFIX), entre outros recursos.

Mas seja qual for o seu gosto, ambas contam com assistente de partida em rampas (HLA), sete airbags (dianteiros, laterais, cortinas e joelho motorista), assistente autônomo de frenagem com detecção de pedestres e ciclistas, sensor de estacionamento traseiro, controle eletrônico de estabilidade (ESC) e tração (TCS), e, naturalmente espaço intermo privilegiado para até cinco ocupantes.

Siga o AUTOO nas redes: WhatsApp | LinkedIn | Youtube | Facebook | Twitter

 

 

Pelo mesmo preço é possível levar uma picape  Ford Maverick equipada ou uma Ranger básica; veja prós e contras

Pelo mesmo preço é possível levar uma picape Ford Maverick equipada ou uma Ranger básica; veja prós e contras

Ford  Ranger XLT

Ford Ranger XLT

Recomendados por AUTOO

Youtube
RAM Rampage Laramie a diesel

RAM Rampage Laramie a diesel

Será que ainda é vantajoso ter picape com motor turbodiesel?
Aviação
Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Força Aérea Brasileira confirma: quer caças F-16 dos EUA

Mas nega que isso possa atrapalhar operação dos novos Gripen suecos
MOTOO
A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

A partir de R$ 8,5 mil: motos Shineray, Honda e Yamaha

Lista reúne as 10 motos mais baratas do Brasil em maio de 2024. Descubra as opções