Porsche Macan 2022: segunda geração do SUV fará história na marca

Confira projeções que antecipam o que podemos esperar para a atualização completa do modelo
Projeção do site russo Kolesa para a segunda geração do Porsche Macan

Projeção do site russo Kolesa para a segunda geração do Porsche Macan | Imagem: Kolesa/Nikita Chuyko

Atualmente o terceiro modelo mais vendido pela Porsche no Brasil, o Macan traz uma proposta interessante ao ser o menor SUV da marca, algo interessante para quem vive em um grande centro urbano e precisa de um automóvel mais prático para o dia a dia.

Lançado em 2014 e passando por uma atualização visual em 2018, os flagras cada vez mais frequentes realizados no exterior indicam que o Porsche Macan vai estrear sua segunda geração no ano que vem como a linha 2022 do modelo.

Tomando como base essas informações e as últimas aparições do SUV com um nível não tão intenso de camuflagem, os colegas do site russo Kolesa criaram duas projeções para antecipar o que podemos esperar do novo Macan 2022.

Vale a pena destacar que a próxima geração do Macan será histórica, uma vez que ele se tornará o primeiro SUV totalmente elétrico da Porsche, para tanto inaugurando a arquitetura Premium Platform Electric (PPE) dentro do Grupo Volkswagen. A nova plataforma será destinada aos futuros veículos 100% elétricos das marcas de luxo que integram o conglomerado alemão. 

Externamente, o novo Macan 2022 contará com alguns traços bem definidos, como a dianteira com faróis mais estreitos e um para-choque frontal de contornos suaves. A ideia é que grande parte da identidade do novo Macan seja inspirada pelo elétrico de alto desempenho Taycan, como a régua traseira funcional unindo as lanternas. 

Uma grande diferença do novo Macan será a silhueta com uma caída do teto bastante pronunciada, conferindo ao SUV um inegável toque de cupê para o perfil.

Segundo rumores, a ideia da Porsche é diferenciar de forma mais profunda as duas gerações do Macan, uma vez que a primeira interação do modelo deverá seguir em linha com as opções de motores térmicos de 4 ou 6 cilindros para atender os consumidores que desejam optar pelo SUV com propulsor convencional. 

Além dos elementos estéticos, provavelmente o novo Macan deverá compartilhar com o cupê 4 portas Taycan grande parte do conjunto mecânico. No caso do esportivo já à venda no Brasil, estamos falando de um sistema com 625 cv de potência combinada proporcionada por dois motores elétricos. Eles podem entregar até 761 cv com a função overboost acionada e o torque, algo em que propulsores elétricos se destacam, supera os 107 kgfm.

Por se tratar de um modelo não tão orientado para a performance extrema, é provável que o novo Macan 2022 conte com opções de motorização mais mansas em relação ao Taycan, porém contemplando variantes com tração traseira ou integral. A autonomia poderá ficar na casa dos 500 km, o que é um número extremamente competitivo. 

Projeção do site russo Kolesa para a segunda geração do Porsche Macan
Projeção do site russo Kolesa para a segunda geração do Porsche Macan
Imagem: Kolesa/Nikita Chuyko
Assine a newsletter semanal do AUTOO!