Porsche Taycan chega ao Brasil em 2020

''Super sedã'' de 625 cv tem como missão desbancar o Tesla Model S
Porsche Taycan 2020

Porsche Taycan 2020 | Imagem: Divulgação

A Porsche apresentou o Taycan, o primeiro carro elétrico de sua história. Basicamente um “super sedã” com ares de cupê, ele terá como principal concorrente o Tesla Model S e já tem lançamento confirmado para o Brasil: vendas no primeiro semestre de 2020 e entregas na segunda metade do ano.

São dois motores elétricos, um em cada eixo, que juntos liberam 625 cv nas duas versões disponíveis, a Turbo e a Turbo S. O que muda, porém, é a potência máxima quando o modo Overboost é ativado. Enquanto a primeira chega a 680 cv, a segunda bate a casa dos 761 cv. O torque padrão também é diferente de acordo com a versão: 86,6 kgfm na Turbo e impressionantes 107,1 kgfm na Turbo S.

No eixo dianteiro, a potência é transmitida através de uma engrenagem planetária de uma velocidade. Já no traseiro, há uma transmissão de dupla embreagem e duas velocidades. Com todo esse pacote o Taycan é capaz de acelerar até os 100 km/h em 2,8 segundos e atingir uma máxima de 260 km/h em sua configuração mais potente.

Com 2.295 kg, o Porsche tem 4,96 metros de comprimento, 1,97 m de largura e 1,38 m de altura. Já a capacidade do porta-malas é de 366 litros. A autonomia máxima é de 450 km com uma carga da bateria e ele será o primeiro carro com sistema de 800V para carregamento, o que permite 100 km de autonomia com apenas 5 minutos na tomada.

Os preços para o Brasil ainda não foram revelados, mas espere por algo em torno de R$ 800 mil e R$ 1,2 milhão para as duas versões. Na Europa, o Turbo custará 152.136 euros, enquanto o Turbo S sairá por 185.456 euros.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!