Rede Chevrolet já está sendo abastecida com o novo Tracker

Produção do SUV compacto segue avançando em São Caetano do Sul (SP)
Unidades do novo Tracker deixando a fábrica da GM em São Caetano do Sul (SP)

Unidades do novo Tracker deixando a fábrica da GM em São Caetano do Sul (SP) | Imagem: César Tizo

Com a estreia confirmada para a segunda quinzena de março, a Chevrolet já está preparando sua rede de concessionárias para um produto que deverá se tornar bastante importante em sua gama a partir dos próximos meses. Estamos falando da nova geração do Tracker, modelo que será produzido em São Caetano do Sul (SP) e deverá conferir à fabricante norte-americana bem mais competitividade entre os SUVs compactos.

Para quem trafega pelas cercanias da sede da GM, como aconteceu recentemente com a equipe do Autoo, torna-se cada vez mais comum cruzar com alguns caminhões-cegonha saindo com diversas unidades do SUV compacto em direção às concessionárias da marca espalhadas pelo país, um sinal de que a produção do modelo já está ocorrendo normalmente.

A precaução da Chevrolet em deixar sua rede plenamente abastecida até a época do lançamento oficial do modelo significa que a marca norte-americana prevê uma boa procura pelo novo Tracker, algo que deverá ocorrer se a fabricante conferir ao SUV o mesmo cuidado com o custo-benefício que notamos na dupla Onix e Onix Plus. Até onde é possível notar nos pátios da empresa que ficam voltados para a Avenida Goiás, uma das vias que circundam grande parte das instalações da GM, notamos várias unidades do Tracker prontas para seguir para as concessionárias.

Até onde foi possível constatar, todas as unidades do Tracker contam com rodas de liga leve, o que deverá ser equipamento padrão no modelo inclusive em sua aguardada configuração para o público PcD. As versões mais sofisticadas, com motor 1.2 turbo, contarão com rodas mais trabalhadas e acabamento escurecido na parte central. Sensor de estacionamento, repetidores das luzes de direção no para-lama ou nas capas dos retrovisores, teto solar panorâmico, entre outros, são alguns equipamentos que podemos esperar para o novo Tracker.

Interessante destacar alguns elementos de design do novo Tracker, como a linha de cintura e os “ombros” do modelo (junção entre a lateral e a traseira do carro) bastante elevados, o que ajuda a criar a sensação de que o Tracker é um SUV maior em relação ao padrão do segmento de compactos. As lanternas também ficam na parte superior da tampa do porta-malas e a presença do skid plate nos para-choques das versões mais caras criam a aura de robustez que certamente vai agradar muitos consumidores de SUVs.

De acordo com informações que circulam nos bastidores, a opção de entrada do novo Tracker, com câmbio manual e motor 1.0 turbo, deverá partir de R$ 69.990. O valor, se confirmado, será extremamente competitivo frente aos concorrentes diretos. A mesma cifra também deverá ser aplicada para o catálogo disponível para a compra com isenção, este com motor 1.0 turbo e câmbio automático de 6 marchas. A opção mais barata do Tracker com câmbio automático destinada ao público em geral deverá gravitar nos R$ 75.000. Ela terá o mesmo motor 1.0 turbo, porém alguns equipamentos adicionais em relação ao “Tracker PcD” devido ao preço superior.

O Autoo estará presente no lançamento do Tracker 2021, que ocorrerá entre os dias 18 e 19 de março, e trará todos os detalhes. Confira!

Flagra do novo Chevrolet Tracker 2021
Flagra do novo Chevrolet Tracker 2021
Imagem: Ronconi Car Photo

Assine a newsletter semanal do AUTOO!