Renault Duster com motor turbo e tração 4x4 estreia na Argentina

Configuração também é cotada para estrear no SUV nacional
Renault Duster 2021

Renault Duster 2021 | Imagem: Divulgação

Lançado no Brasil no começo de 2020, pouco antes da pandemia da Covid-19 eclodir no país, somente agora o novo Renault Duster chega ao mercado argentino.

Apesar de importado da Colômbia para o país vizinho, a novidade estreia por lá uma configuração há muito tempo aguardada por nós aqui no Brasil.

Estamos falando da combinação entre o motor 1.3 TCe e a opção de tração integral. Com a novidade, reportam os veículos de imprensa argentinos, o Duster 4WD passa a ser o veículo 4x4 mais acessível do país. 

Na Argentina, o 1.3 turbo com injeção direta será capaz de entregar 155 cv e 25,5 kgfm de torque operando somente com gasolina. Aqui no Brasil, onde será flex e fará sua estreia sob o capô do Renault Captur 2022, a fabricante já confirmou que o 1.3 TCe vai oferecer até 170 cv e 27,5 kgfm de torque com etanol. 

Assim como no Captur 2022 nacional, o novo Duster comercializado na Argentina terá a opção da transmissão automática CVT mais recente da Aliança Renault-Nissan, que pode simular até 8 marchas para as trocas sequenciais.

Vale citar, entretanto, que o Duster com tração integral será oferecido na Argentina somente com câmbio manual de 6 marchas. Tudo leva a crer que trata-se de uma escolha da Renault específica para o mercado argentino, onde o câmbio manual ainda conta com boa aceitação. 

A Renault vai oferecer também na Argentina o novo Duster com opção do propulsor 1.6 16V para as versões mais acessíveis, podendo trabalhar tanto com a caixa manual de 5 marchas como a transmissão CVT.

Em alguns mercados, a exemplo da Rússia, a Renault oferece o motor 1.3 TCe com câmbio CVT e tração integral, como é o caso do Kaptur comercializado por lá. Logo, não há nenhum empecilho técnico para que essa combinação mecânica chegue ao Duster nacional.  

A Renault aplica no momento um considerável investimento de mais de R$ 1 bilhão no país para atualizar sua gama local. Certamente os aprimoramentos para o Duster estão nos planos e, no máximo até a metade do ano que vem, o SUV vai estrear novidades por aqui.