Renault Twingo sairá de linha na França

Principal executivo da marca confirmou a informação para revista local
Acima o Renault Twingo em sua atual terceira geração

Acima o Renault Twingo em sua atual terceira geração | Imagem: Divulgação

Por seu estilo simpático ou alguns traços peculiares de suas propostas, alguns automóveis acabam gerando no público um carinho especial. Assim foi com clássicos como o VW Fusca e o Fiat 500, por exemplo. Na história mais recente, não seria exagero apontar o Renault Twingo para esse hall da fama.

A notícia que chega nesta segunda-feira (25) da Europa talvez possa deixar entristecidos alguns fãs do tradicional compacto urbano europeu. Segundo reporta a francesa L’Automobile, o CEO da Renault, Luca De Meo, confirmou à publicação que atual geração será a última na bem-sucedida história do Twingo.

Com quase 30 anos de carreira, a proposta compacta e notadamente urbana do Twingo será cada vez mais atendida nos portfólios das montadoras em países desenvolvidos por modelos com propulsão 100% elétrica. As demandas por modelos mais eficientes e as recentes políticas de banimento de automóveis a combustão que serão implantadas a partir da próxima década em alguns mercados estão levando as principais fabricantes globais a reverem sua composição de gama.

A Renault até introduziu na Europa o Twingo ZE elétrico, porém o preço elevado e o fim da parceria entre a francesa e a Daimler para a fabricação do smart (os dois modelos foram concebidos de forma conjunta na presente geração) acabaram por selar o destino do compacto. Ainda no Velho Continente, a Renault já dava sinais de um certo fim de vida para o Twingo ao retirar de sua gama a opção turbo de 90 cv e a aspirada de 75 cv, restando apenas a configuração com 65 cv e câmbio manual nos últimos meses. 

A tendência é que o Twingo seja substituído pela releitura moderna do Renault 5, que já nascerá como um automóvel 100% elétrico, portanto adotará soluções de projeto que façam com que seu preço final seja mais competitivo e alinhado com a nova realidade do segmento. Um forte concorrente da novidade será a nova geração do Fiat 500, que também aposta apenas na propulsão eletrificada.

Os fãs do Twingo, contudo, ainda terão um bom tempo para a despedida. A previsão é que o Renault 5 definitivo será apresentado apenas em 2023 como modelo 2024, quando então o Twingo será descontinuado. 

Aqui no Brasil, o Renault Twingo foi comercializado a partir de 1994, importado da França, até 2002, quando chegava ao nosso país exportado do Uruguai. 

Acima o Renault Twingo que foi comercializado no Brasil entre os anos 1990 e começo de 2000
Acima o Renault Twingo que foi comercializado no Brasil entre os anos 1990 e começo de 2000
Imagem: Divulgação