Embaladas pelas propostas do Rota 2030, novo regime automotivo que vai vigorar no Brasil e dará mais garantia para que as fabricantes instaladas no Brasil possam estabelecer estratégias de longo prazo no país, as principais marcas que operam no Brasil começam a tirar do papel seus planos de investir na comercialização de carros híbridos e elétricos em nosso país.

O Salão de São Paulo deste ano é a prova de que, ao priorizar a eficiência energética, o Rota 2030 definitivamente vai abrir as portas do Brasil para os automóveis eletrificados.

Um bom exemplo disso reside nas marcas Renault e Nissan. A dupla aproveitou o Salão de São Paulo 2018 para iniciar as vendas ao público em geral do Renault Zoe e do Nissan Leaf, modelo que já era aguardado há um bom tempo.

Modelo com ótima aceitação na Europa, o Renault Zoe terá um hotsite dedicado aos interessados, que terão que pagar R$ 149.990 para dar adeus às paradas no posto de combustível. O modelo, produzido na fábrica francesa de Flins, conta com um motor elétrico com 22,9 kgfm de torque, que ajuda o Zoe a acelerar de 0 a 50 km/h em apenas 4 segundos. A Renault divulga esse dado de desempenho já que ele representa a maior faixa de uso no ciclo urbano, aplicação típica para automóveis elétricos como o Zoe.

Com um conjunto de baterias bem moderno, o Zoe pode rodar por cerca de 300 km quando completamente carregado. De acordo com a Renault, utilizando uma corrente trifásica de 22 kW o Zoe consegue atingir 80% da carga total das baterias em 1h40.

Já a Nissan, por sua vez, marca que forma uma aliança estratégia global com a Renault e a Mitsubishi, aproveitou o Salão de São Paulo para iniciar a pré-venda do Leaf tanto no Brasil como também na Colômbia e no Chile. Mais caro que o Renault Zoe, por aqui o Nissan Leaf terá preço sugerido de R$ 178.400. Assim como a Renault, a Nissan também vai contar com um site dedicado aos interessados em realizar a compra do modelo.

Em sua geração mais recente, o Nissan Leaf conta com um motor elétrico de 110 kW, cerca de 150 cv, e generosos 32,6 kgfm de torque. Com autonomia para aproximadamente 400 km e uma cabine ampla e espaçosa, o Leaf traz uma receita bem interessante.

Outra montadora instalada no Brasil que não quer ficar de fora dessa onda é a Chevrolet. Como você já conferiu, a GM confirmou a estreia do Bolt por aqui em 2019, modelo que custará por volta de R$ 175.000.

Algumas marcas procuram adotar uma proposta mais conservadora, porém os representantes da Kia no Brasil anunciaram que, se o parlamento brasileiro validar todos os incentivos previstos no Rota 2030 para carros elétricos e híbridos, aí sim a empresa considera importar ao país o Soul EV (opção elétrica do modelo) e os híbridos Niro e Optima Hybrid.

Na mesma linha, a Honda antecipou no Salão de São Paulo 2018 que vai lançar no Brasil três automóveis híbridos dentro dos próximos 5 anos. Em seu estande na mostra, a Honda conta com um protótipo do CR-V híbrido, mas não confirma se o utilitário esportivo será um desses três carros (cá entre nós, tudo leva a crer que sim...).

A Hyundai, por sua vez, exibe aos brasileiros o Ioniq, modelo que conta com variantes elétrica, híbrida e híbrida plug-in, mas segundo a fabricante o produto ainda está com a importação ao Brasil “sob estudo”. O mesmo pode ser dito do nova geração do Sonata em sua configuração híbrida plug-in.

Confirmado mesmo entre os híbridos está o Volkswagen Golf GTE, que a marca estabeleceu para chegar ao mercado no segundo semestre de 2019. Com um conjunto voltado ao desempenho, como a sigla indica, o hatch médio combina nessa versão o motor 1.4 TSI de 150 cv com um propulsor elétrico para entregar 204 cv de potência combinada. Além de rodar por até 50 km somente em modo elétrico, operando com os dois motores o Golf GTE é capaz de alcançar um consumo médio superior a 60 km/l segundo os padrões europeus. A opção puramente elétrica do hatch, chamada e-Golf, figura no estande da Volkswagen no Salão de São Paulo, mas a marca ainda está um pouco reticente sobre a importação do modelo ao país.

De qualquer forma uma coisa é clara: o Salão de São Paulo 2018 marcou, finalmente, a entrada do Brasil na rota dos carros elétricos e híbridos e caminha para deixar o país bem mais sintonizado com o futuro já vislumbrado em mercados do primeiro mundo como Japão, EUA e Europa. 

 
 
Chevrolet Bolt
 
Chevrolet Bolt
Chevrolet Bolt
Chevrolet Bolt
 
Chevrolet Bolt
Chevrolet Bolt
Chevrolet Bolt
 
Chevrolet Bolt
Chevrolet Bolt
Chevrolet Bolt
 
Chevrolet Bolt
Chevrolet Bolt
Nissan Leaf 2018
 
Nissan Leaf 2018
Nissan Leaf 2018
Nissan Leaf 2018
 
Nissan Leaf 2018
Nissan Leaf 2018
Nissan Leaf 2018
 
Nissan Leaf 2018
Nissan Leaf 2018
Nissan Leaf 2018
 
Nissan Leaf 2018
Nissan Leaf 2018
Nissan Leaf 2018
 
Nissan Leaf 2018
Nissan Leaf 2018
Volkswagen Golf GTE 2017
 
Volkswagen Golf GTE 2017
Volkswagen Golf GTE 2017
Volkswagen  Golf GTE
 
Volkswagen Golf GTE
Volkswagen  Golf GTE
Volkswagen Golf GTE 2017
 
Volkswagen Golf GTE 2017
Volkswagen Golf GTE 2017
Volkswagen Golf GTE 2017
 
Volkswagen Golf GTE 2017
Volkswagen Golf GTE 2017
Volkswagen Golf GTE 2017
 
Volkswagen Golf GTE 2017
Volkswagen Golf GTE 2017
Volkswagen  Golf GTE
 
Volkswagen Golf GTE
Volkswagen  Golf GTE
Volkswagen Golf GTE 2017
 
Volkswagen Golf GTE 2017
Volkswagen Golf GTE 2017
Volkswagen e-Golf 2017
 
Volkswagen e-Golf 2017
Volkswagen e-Golf 2017
Renault Zoe 2018
 
Renault Zoe 2018
Renault Zoe 2018
Renault Zoe 2018
 
Renault Zoe 2018
Renault Zoe 2018
Renault Zoe 2018
 
Renault Zoe 2018
Renault Zoe 2018
Renault Zoe 2018
 
Renault Zoe 2018
Renault Zoe 2018
Renault Zoe 2018
 
Renault Zoe 2018
Renault Zoe 2018
Renault Zoe 2018
 
Renault Zoe 2018
Renault Zoe 2018
 
 
César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo | http://www.jcceditorial.com.br/