Samsung SM3 antecipa reestilização do Renault Fluence

Sedã ganhou mudanças na parte dianteira, nas lanternas traseiras e no interior

Novo Samsung SM3 | Imagem: Divulgação

A Samsung, subsidiária sul-coreana da Renault, apresentou a renovada gama do sedã médio SM3, o irmão gêmeo do nosso Fluence. As modificações se concentram na parte frontal da carroceria, com a adoção de novos para-choque e grade, além dos faróis com máscara negra.

As laterais permanecem com o mesmo desenho, no entanto, as rodas de aro 17" têm visual mais esportivo. Na traseira, as alterações são ainda mais sutis e as únicas partes que apresentam mudanças são as lanternas, que agora são compostas por LEDs, e a parte inferior do para-choque, na cor da carroceria.

Leia mais: Presidente da Renault oficializa fim da Mégane Grand Tour

A Samsung melhorou o acabamento interno do sedã e oferece novos revestimentos para os bancos e painéis das portas. Além disso, alguns recursos vistos na terceira geração do Mégane hatch europeu agora podem ser encontrados também no SM3, como o painel de instrumentos com velocímetro digital e o freio de mão eletrônico - que substitui o modelo tradicional.

Dentre os itens de destaque estão o sistema multimídia, que apresenta novos botões de comando e agora pode acessar a internet por meio da rede 3G, ar-condicionado de duas zonas, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro e sistema de abertura e partida do veículo sem chave (keyless).

Na Coréia do Sul, o veículo passa a usar uma versão melhorada do atual motor 1.6 16V movido a gasolina. Lá, esse bloco agora rende 117 cv (ante os 110 cv da versão anterior) e, de início, será oferecido apenas com transmissão automática do tipo CVT - continuamente variável.

As vendas do novo Samsung SM3 já começaram na Coréia do Sul. Agora resta esperar para ver o quanto esse modelo influenciará o facelift do sedã Renault Fluence.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!