Honda City hatch vai substituir o Fit no Brasil. Será uma boa troca?

Conheça mais detalhes sobre a novidade da Honda e os seus atributos
Honda City hatch 2022

Honda City hatch 2022 | Imagem: Divulgação

Lançado no Brasil em 2003, o Honda Fit logo se tornou sucesso de público graças ao seu projeto singular. 

Com o uso de uma plataforma muito bem pensada, a qual permitia ao modelo desde sua primeira geração aproveitar de uma maneira sem igual o espaço interno considerando o porte total do carro, o Fit tornou-se uma solução interessante até mesmo para o uso familiar. 

Ainda contam até hoje a favor do modelo a enorme versatilidade proporcionada por seu prático sistema de rebatimento de bancos e a eficiência de seu conjunto mecânico. 

Vale lembrar também que o Fit atualmente é a porta de entrada para a gama Honda no Brasil, figurando como seu modelo mais acessível. 

Já em sua terceira geração, lançada por aqui em 2014, o Honda Fit infelizmente já não empolga tanto assim os consumidores, como seu discreto volume de vendas de apenas 6.320 unidades de janeiro a outubro deste ano é capaz de comprovar. 

Leia também: 
Novo Honda City estreia neste mês; hatch e sedã devem chegar juntos
Fim da produção nacional em breve: relembre a história do Honda Civic no Brasil

Em breve, a Honda promoverá uma mudança estratégica relevante em sua linha, substituindo o Fit pela inédita (aqui no Brasil) carroceria hatchback do City. 

Com a alteração de seu modelo de entrada no país, optando por um dois volumes convencional, a Honda poderá colocar no mercado um produto capaz de lidar com concorrentes como o VW Polo, Toyota Yaris, entre outros, de uma maneira mais direta, por assim dizer. 

Ainda pesa a favor do City hatch sua concepção específica para mercados emergentes, portanto tendo o custo-benefício como uma de suas premissas. Já apresentada em alguns mercados, a quarta geração do Honda Fit acabou tornando o produto um modelo mais caro, portanto com uma atratividade comercial menor em locais onde a questão do preço competitivo é primordial.   

Mas será que o City hatchback será capaz de conquistar um público fiel, que sempre encontrou no Fit um modelo capaz de atender todas as suas necessidades? O hatch vai preservar alguns atributos que fizeram o sucesso do Fit por aqui? 

Confira todas as respostas em nosso vídeo-análise abaixo: