Toyota faz recall para uma unidade do Camry no Brasil

Sedã grande da marca é chamado por uma possível falha no sistema duplo de travamento dos cintos de segurança
Toyota Camry 2019

Toyota Camry 2019 | Imagem: Divulgação

Conhecida pela confiabilidade de seus carros, a Toyota já teve que passar por extensas campanhas de recall no passado, chamando milhares de unidades para a substituição de airbags defeituosos fornecidos pela Takata. Agora, mais uma campanha foi anunciada, mas, dessa vez, envolve apenas uma unidade do sedan médio-grande Camry.

Este único carro foi fabricado no dia 26 de agosto de 2019 e tem o seguinte número de chassi: JTNBZ3HK9K3011453. O veículo envolvido é equipado de série com cintos de segurança traseiros com duplo sistema de travamento. No entanto, a Toyota identificou que, durante sua produção, um dos sistemas de travamento pode não ter sido montado corretamente.

Assim, pode ocorrer a não retração correta do cinto de segurança em casos de freadas bruscas ou colisões, aumentando o risco de ferimentos aos ocupantes do veículo. Para sanar o defeito de forma definitiva, a Toyota fará a inspeção dos três cintos de segurança traseiros instalados no veículo (lado direito, central e lado esquerdo) para confirmar a existência ou não do defeito.

Caso seja confirmado, será realizada a substituição dos cintos de segurança traseiros que apresentarem essa não conformidade. O tempo de inspeção e eventual reparo é de aproximadamente duas horas. A partir de 20 de janeiro de 2020, a Toyota realizará inspeção e eventual substituição dos cintos de segurança traseiros do veículo envolvido.

Toyota Camry 2019
Toyota Camry 2019
Imagem: Divulgação

Assine a newsletter semanal do AUTOO!