Um ano de Tiggo 8: o SUV ''divisor de águas'' da CAOA Chery

Modelo 7 lugares atualmente é o segundo modelo mais vendido pela marca no Brasil
CAOA Chery Tiggo 8 2021

CAOA Chery Tiggo 8 2021 | Imagem: Divulgação

Se até a década passada os carros chineses eram vistos com preconceito e desconfiança, hoje é fato que as marcas da potência asiática estão muito mais consolidadas e em ritmo acelerado de expansão, como é o caso da chegada da Great Wall ao Brasil, já logo de cara adquirindo uma fábrica no país. 

Ao deixar de lado a prática de copiar produtos ocidentais e investir maciçamente em tecnologia e na obtenção de know how ao contratar profissionais oriundos de grandes montadoras globais, os carros chineses modernos apresentam uma drástica evolução.

Por muitos anos, a receita chinesa para seus veículos foi fortemente ligada ao custo-benefício agressivo. A premissa era oferecer carros pequenos e baratos, com nível de equipamentos superior por um preço acessível.

Com isso, muita gente cogitava se um dia os chineses conseguiriam avançar para categorias de maior porte, desenvolvendo veículos sofisticados e caros.

No momento atual, o CAOA Chery Tiggo 8 é um ótimo exemplo do patamar que os chineses atingiram.

Divisor de águas

Tomando como base o projeto desenvolvido na China e aprimorado em sua nacionalização pela CAOA Chery, o SUV 7 lugares completa neste mês um ano de mercado e merece destaque por ter rompido muitos paradigmas ao longo desse período. 

O principal deles residia na dúvida se as marcas chinesas estavam prontas para subir de patamar, em especial no mercado brasileiro. 

Hoje tabelado em R$ 185.890, faixa de preço que sequer cogitaríamos encontrar um carro chinês há alguns anos, o Tiggo 8 não só surpreendeu pela elevada demanda inicial, bem como segue firme como o segundo automóvel mais vendido da CAOA Chery no Brasil, ficando atrás somente do Tiggo 5x.

Vale destacar que a fabricante, hoje com maior parte do capital nacional, conta com modelos bem mais acessíveis, na faixa dos R$ 100 mil.

Lançarmos um produto com esse patamar de tecnologia, acabamento e desempenho, com tão pouco tempo de história, mostra toda a nossa capacidade de surpreender o mercado. Sem dúvidas, o Tiggo 8 foi um divisor de águas para a nossa empresa”, analisa o CEO da CAOA Chery, Marcio Alfonso. 

Tiggo 8 no mundo

Segundo a fabricante, ao redor do mundo o Tiggo 8 já soma 250 mil unidades vendidas globalmente. Além da China e do Brasil, o SUV é comercializado no Egito, Rússia e Arábia Saudita. 

Interessante destacar alguns feitos do modelo. Seu câmbio de dupla embreagem com 7 marchas foi eleito uma das 10 melhores transmissões do mundo, segundo a The Lopal Cup. A seleção, organizada anualmente pelo Instituto China Auto Evaluation, utiliza métodos internacionalmente reconhecidos para avaliar as transmissões em fatores como dimensão, peso, ruído, vibração, eficiência, entre outros, e contou com a participação de modelos chineses e transmissões importadas. 

Já o motor 1.6 turbo com injeção direta presente no Tiggo 8 foi apontado como um dos Dez Melhores Motores da China. 

De janeiro a julho deste ano, o Tiggo 8 soma 4.669 emplacamentos, superando, por exemplo, o volume registrado pelo VW Tiguan Allspace (2.762) no mesmo período. 

Vale destacar que o segmento de SUVs 7 lugares promete crescer ao longo dos próximos anos. 

Nesta quinta-feira (26) a Jeep lança o Commander, modelo produzido em Goiana (PE), enquanto a Renault também deverá entrar na categoria aqui no Brasil com um modelo mais acessível derivado do conceito Dacia Bigster. 

CAOA Chery Tiggo 8 2021
CAOA Chery Tiggo 8 2021
Imagem: Divulgação