Volkswagen produz primeiro Jetta no Brasil

Versão nacional do VW Jetta deve ser lançada no mercado ainda neste semestre

Volkswagen Jetta Highline 2015 | Imagem: Divulgação

A Volkswagen comemorou na última terça-feira, 27, a produção do primeiro exemplar do Jetta nacional, na fábrica de Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP), que foi divulgada internamente pela montadora. O modelo ainda é uma unidade pré-série, para testar a linha de produção, além da qualidade, segurança e resistência. A produção do sedã médio deve começar efetivamente ainda neste primeiro trimestre.

O novo Volkswagen Jetta vai ser fabricado em solo nacional através do modo CKD (Complete Knock-Down), com peças trazidas do México, de onde o modelo é inteiramente importado atualmente. Nos próximos meses, a empresa alemã deve nacionalizar o sedã por completo. A produção do Jetta por aqui é parte dos R$ 10 bilhões anunciados pela VW para até 2018 no Brasil. A unidade de Anchieta terá capacidade para produzir 18 mil unidades do carro por ano.

“Com mais esse passo, comprovamos nossa qualidade mundial de produção e demonstramos, mais uma vez, a confiança no Brasil e, principalmente nos importantes acordos negociados com os Sindicatos dos Trabalhadores”, destaca o presidente da Volkswagen do Brasil, Thomas Schmall, no anúncio da produção do Jetta em setembro do ano passado.

A versão nacional do Jetta trará novidades. O modelo vai ganhar as mudanças apresentadas no Salão do Automóvel de São Paulo, o que inclui faróis com LEDs diurnos, grade redesenhada, para-choques com novas linhas, mudanças no desenho das rodas, nova lanterna traseira e tampa do porta-malas com novo formato. Por dentro haverá ainda novos painel de instrumentos e volante.

Outra modificação será a adoção do motor 1.4 litro TSI Flex de até 150 cavalos de potência, o mesmo do Golf nacional, que vai equipar a versão Highline do Volkswagen Jetta – o modelo topo de linha permanece com o 2.0 TSI de 211 cv. O avelhantado 2.0 8V de 120 cv deve continuar sendo oferecido, mas em uma variante mais básica exclusiva para frotistas.