Chevrolet já tem um SUV elétrico para chamar de seu, o Bolt EUV

Marca apresentou utilitário esportivo 100% elétrico juntamente com o Bolt EV reestilizado. Modelos podem rodar mais de 400 km entre recargas
Chevrolet Bolt EUV 2022

Chevrolet Bolt EUV 2022 | Imagem: Divulgação

A Chevrolet apresentou neste domingo (14) seu primeiro SUV 100% elétrico, o Bolt EUV. Embora seja parte da ‘família’ Bolt, que inclui o Bolt EV (também revelado), o utilitário esportivo é um veículo diferente. “Nenhuma peça externa de chapa metálica é compartilhada entre os dois veículos e o EUV é aproximadamente 6 polegadas (16 cm) mais longo”, diz a montadora.

Lançado em 2017, o Bolt marca o projeto eletrificado mais ambicioso da General Motors, após flertar com o segmento com resultados pouco promissores. O estilo meio hatch meio minivan tem agradado e já acumula mais de 100 mil veículos vendidos deste então, mas havia, claro, a necessidade de oferecer essa tecnologia numa embalagem SUV.

É essa a meta do Bolt EUV (Electric Utilitary Vehicle), um veículo um pouco mais longo que o Tracker, mas mais baixo e estreito que o modelo nacional. São quase 10 cm a mais de entreeixos e 3 cm de comprimento, com uma capacidade no porta-malas maior, de 462 litros contra 393 litros.

Por conta das baterias de íon de lítio, o Bolt EUV é mais pesado: 1.669 kg ou quase 400 kg a mais que o Tracker. O motor elétrico é o mesmo do hatch, com 200 hp de potência e mais de 36 kgfm de torque. Segundo a GM, o SUV elétrico é capaz de rodar 402 km com uma carga completa, 14 km a menos que o Bolt EV.

A Chevrolet disponibilizou um novo cabo duplo de recarga que aceita as voltagens de 120 V ou 240 V, que elimina a necessidade de uma solução à parte nas residências. Em estações de recarga públicas, o Bolt EUV pode alcançar uma autonomia de 152 km após 30 minutos.

A montadora, inclusive, enfatiza a crescente rede de recarga nos EUA para tranquilizar seus potenciais clientes a investir num carro elétrico. Atualmente, segundo ela, existem mais de 80 mil pontos de recarga no país, mas a parceria com a empresa EVgo deve triplicar o número de recarregados rápidos, que chegarão a 2.700 pontos em 2025.

Chevrolet Bolt EUV 2022
Chevrolet Bolt EUV 2022
Imagem: Divulgação

Ares de Opel Ampera

A reestilização empregada no Bolt EV trouxe alguns traços que lembram o Ampera, versão da Opel para pseudo-híbrido Volt, que a GM lançou no mercado no início da década passada.

Os novos faróis afilados do hatch contam com uma extensão em formato de bumerangue que invade o para-choque, onde ficam as luzes de neblina. No SUV, esse elemento está desconectado, mas ambos exibem uma grade inferior volumosa que apresenta uma espécie de placa protetora.

As linhas do Bolt EUV são bastante convencionais e elegantes e pouco lembram um veículo elétrico. A mesma filosofia ortodoxa reina no interior, com um painel bastante comum, dominado pela tela da central multimídia de 10,2 polegadas. A grande diferença está na ausência de uma manopla de câmbio por razões óbvias.

A GM diz que o modelo estreia o pacote tecnológico ‘Super Cruise’, um assistente virtual para ser usado em cerca de 320 mil km de rodovias adaptadas nos EUA e Canadá. Com ele, o motorista conta com recursos como um alerta para desatenção ao volante que consegue notar se os olhos não estão focados na estrada, por exemplo.

O Bolt EUV tem preço inicial de US$ 33.995, ou pouco mais de R$ 182 mil, já o Bolt EV sai a partir de US$ 31.995 (quase R$ 172 mil numa conversão direta). Os dois novos veículos são parte da ofensiva da marca para ter 30 modelos elétricos até 2025. Dado que o Bolt é vendido no Brasil, é de se esperar que o SUV elétrico também chegue ao país em breve.

Chevrolet Bolt EUV 2022
Chevrolet Bolt EUV 2022
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!