Quando pensamos que US$ 12 milhões já é um valor estratosférico para um automóvel sempre aparece alguém disposto a gastar ainda mais por uma raridade sobre rodas. É o que espera a casa de leilões norte-americana Gooding & Company com uma raríssima Ferrari 250 TR protótipo de 1957. Curiosamente o valor mais alto obtido na venda de um carro pertence justamente a outra Ferrari 250, mas nas versão Testa Rossa – seu leilão foi em 2009.

Segundo os anunciantes, a 250 TR que será leiloado é o último protótipo da série, que teve 22 exemplares construídos entre 1957 e 1959. O motor é um V12 com mais de 300 cavalos de potência e continua em funcionamento. Por conta disso o modelo, que pertence a um colecionados dos Estados Unidos, vem sendo destaques em tradicionais eventos de carros clássicos e até mesmo corridas entre bólidos do passado.

Ferrari 250 TR
Divulgação

O modelo que será leiloado correu em três edições das 24 Horas de Le Mans nos anos 1950

O modelo a ser leiloado, que possui número de chassis 0666, teve também importantes participações em competições de longa duração na Europa. Participou das edições de 1957, 58 e 59 das 24 Horas de Nürburgring, na Alemanha, e Le Mans, na França. Entretanto a Ferrari não chegou ao pódio em nenhuma das ocasiões com a máquina, hoje uma raridade. O leilão acontece na próxima semana nos EUA. Quem dá mais?

Ferrari 250 TR
Divulgação

A clássica Ferrari de 1957 ainda mantém a maioria das peças originais e o motor V12 de 300 cv

Thiago Vinholes

|