Ferrari rara bate recorde em leilão

Modelo 250 Testa Rossa de 1957 foi vendido por cerca de R$ 25 milhões

Ferrari 250 Testa Rossa 1957 | Imagem: Ferrari

Um exemplar raro de Ferrari, cuja história de competições tem a ver com a América do Sul, bateu o recorde de valor em um leilão no último fim de semana. O modelo, uma 250 Testa Rossa de 1957, atingiu um preço estimado em R$ 25 milhões feito por um comprador anônimo no evento Ferrari Leggenda e Passione, que ocorreu em Maranello, na Itália, sede da famosa marca.

O valor é mais de R$ 2,5 milhões superior ao recorde anterior, também uma Ferrari, mas do modelo 250 GT Spyder California, que foi adquirido por um radialista famoso na Inglaterra.

Já a Ferrari 260 Testa Rossa teve apenas 22 exemplares contruídos como objetivo de participar de corridas  na década de 1950. O exemplar vendido é o 0714TR, que venceu 10 corridas nas Américas, tendo estreado nos 1000 km de Buenos Aires em 1958.

Seu motor é um V12 de 300 cv de potência, com seis carburadores e câmbio manual de quatro marchas. Uma curiosidade do 0714TR é ter pertencido ao ator norte-americano James Coburn, já falecido.

Assine a newsletter semanal do AUTOO!