Ford prepara sucessores para a gama Ka; novo EcoSport pode ser projetado na Índia

Confira mais detalhes sobre a estratégia da Ford para o Brasil
Projeção artística para o novo EcoSport, que pode ser desenvolvido pela Ford e a Mahindra

Projeção artística para o novo EcoSport, que pode ser desenvolvido pela Ford e a Mahindra | Imagem: Kleber Silva/Autoo

Passado o impacto sobre a notícia do fim das atividades da Ford em sua atual sede em São Bernardo do Campo (SP), aos poucos vamos descobrindo novos detalhes e especulando alguns caminhos que a fabricante norte-americana pode adotar para sua linha de modelos aqui no Brasil e na região.

Uma informação importante que circula nos bastidores é que, apesar do novo foco em SUVs e picapes que a marca Ford adotou nos EUA – estratégia que também será vista no Brasil – a fabricante não vai abandonar o segmento de compactos e prepara sucessores para o Ka e o Ka Sedan.

A medida é facilmente justificável, uma vez que o Ka atualmente é o terceiro carro mais vendido do Brasil, portanto com uma procura excelente por aqui, enquanto o Ka Sedan também não faz feio, figurando como o vice-líder no segmento de sedans compactos em nosso país. Com números assim, de fato vale a pena a marca abrir uma exceção em sua nova estratégia global e seguir investindo nos dois modelos.

Apenas fazendo uma pausa no assunto, é importante destacar que a ofensiva de SUVs da Ford no Brasil vai passar sobretudo por modelos importados, começando pelo já confirmado Territory em 2020. Ainda estão nos planos a nova geração do Escape, bem como o produto final derivado do projeto batizado informalmente de “baby Bronco” pela imprensa norte-americana, um utilitário esportivo de apelo mais off-road e visual robusto.

Voltando aos três modelos hoje produzidos pela Ford na sua fábrica de Camaçari (BA), que deverá permanecer como sua única estrutura de produção no Brasil, vale a pena considerarmos uma forte possíbilidade para a renovação do portfolio de maior sucesso da marca no país: o projeto das novas gerações desses três carros ficar a cargo da joint venture estabelecida pela Ford com a indiana Mahindra.

A medida faria bastante sentido uma vez que a Ford parece enxugar cada vez mais suas operações no Brasil. No mercado indiano, por sua vez, hoje tanto o EcoSport como o Ka e Ka Sedan também são oferecidos por lá, sendo que o hatch e o três volumes são rabatizados como Figo e Figo Aspire e contam com produção local.

A joint venture entre a Ford e a Mahindra & Mahindra promete ser bem prolífica, resultando em sete novos produtos ao todo que serão destinados para as gamas das duas fabricantes. O processo de união entre as empresas por lá, inclusive, já começa a envolver o EcoSport, que receberá o motor 1.2 turbo da Mahindra em substituição ao 1.0 EcoBoost em 2020.

Enquanto ainda é cedo para apostarmos em como poderá ficar a nova geração da linha Ka, o designer Kleber Silva realizou um exercício de estilo projetando uma eventual nova geração do EcoSport mesclando elementos em comum de carros mais recentes da Ford e da Mahindra, que você confere nas projeções que ilustram este texto.

É fato que o EcoSport precisa de uma renovação o mais rápido possível, em especial pelo fato do segmento de SUVs compactos ter ganhado um grande dinamismo nos últimos anos pela elevada procura do público. Cada vez mais marcas entram na categoria com produtos modernos e muito competitivos e a Ford, que praticamente criou o segmento nos começo dos anos 2000 com o EcoSport, precisa atualizar seu representante para não perder espaço para os concorrentes.

Em que pese o fato do design ser um critério preponderante para o sucesso de um automóvel no Brasil, o público de países como Brasil, Índia e China valoriza alguns aspectos em comum, como o amplo espaço interno e um bom porta-malas, algo que certamente o próximo EcoSport deverá entregar.

Vamos acompanhar de perto os próximos passos da Ford no Brasil e na região e seguiremos relatando aqui no Autoo. Acompanhe!

Projeção artística para a nova geração do EcoSport desenvolvido pela Ford e a Mahindra
Projeção artística para o novo EcoSport, que pode ser desenvolvido pela Ford e a Mahindra
Imagem: Kleber Silva/Autoo

Assine a newsletter semanal do AUTOO!