A Ford acaba de divulgar as primeiras imagens da nova Ranger, sua picape média. Maior e mais moderno, o utilitário faz parte do plano One Ford, que prevê produtos globais sendo produzidos em diversas partes do mundo. Entre eles, estão o novo Focus, o new Fiesta e o futuro Mondeo.

Já não era sem tempo. A atual geração da picape envelheceu é uma das que menos oferece espaço interno. Enquanto demorou para reprojetar o modelo, a Ford viu a Toyota, Mitsubishi, Nissan e até a Volkswagen surgirem com novas picapes, bem mais modernas. Ao menos, a montadora americana deverá sair na frente da sua rival caseira, a GM, que ainda desenvolve a nova S10.

A nova Ranger será revelada oficialmente no Salão de Sydney nesta sexta-feira, 15, e entrará em produção em 2011 em várias partes do mundo, incluindo a Argentina, país que fornece a picape para a América do Sul. É sensato acreditar que a Ranger de nova geração desembarque por aqui no começo de 2012.

Porte maior

A receita para uma nova picape média não é novidade para nenhuma montadora. De instrumento de trabalho, a picape média virou automóvel de passeio. Por isso, o caminho a seguir é o de oferecer mais espaço interno, posição de dirigir mais confortável, isolamento acústico melhor e motores mais silenciosos e econômicos. Nesse sentido, a Ford abandonou a ideia de comprar motores a diesel de fornecedores e optou por ter seus próprios, no caso o Duratorq TDCi I4 2.2 litros e o I5 3.2 litros – haverá também um novo motor a gasolina, o Duratec I4 2.5 litros que está preparado para virar flex no Brasil.

Em relação ao tamanho da nova picape, a Ford apenas revelou que o entreeixos foi ampliado para 3,22 m, o que significa ser o maior da categoria. A caçamba, por exemplo, mede 1.549 mm de comprimento, 511 mm de altura e 1.560 mm de largura, e acomoda 1,21 metro cúbico.

Produto global

A previsão da Ford é ter a Ranger presente em mais de 180 países que, ironicamente, não incluem os Estados Unidos e Canadá, seus dois maiores mercados – os norte-americanos preferem os modelos maiores da marca como a F-150 e F-250. Mas a Ford não exclui a possibilidade de vê-la por lá também.

Ricardo Meier

Publisher do AUTOO, é o criador do site e tem interesse especial pelo sobe e desce do mercado, analisando os números de vendas de automóveis todos os meses

Ricardo Meier | http://www.jcceditorial.com.br/