Honda não desiste dos sedãs médios e trará novo Civic ao Brasil

Segundo executivo da marca, nova geração do sedã médio será comercializada no país
Acima a nova geração do Honda Civic na versão topo de linha Touring

Acima a nova geração do Honda Civic na versão topo de linha Touring | Imagem: Divulgação

Durante a coletiva de imprensa realizada após a estreia da nova geração do Honda City nacional, o executivo Ariel Mógor, responsável pela área de planejamento de produto da marca japonesa, confirmou que a nova geração do Honda Civic está prevista para o mercado brasileiro. 

Questionado se caberia ao novo City ocupar o espaço deixado pelo Civic nacional no portfólio da marca, Mógor revelou que não, antecipando que a evolução completa do sedã médio está prevista para nosso mercado.  

Vale lembrar que, ainda no fim de 2020, o AUTOO antecipou com exclusividade os planos da Honda de descontinuar a produção nacional do Civic, colocando uma série de dúvidas sobre a continuidade da comercialização do sedã por aqui. 

A informação anunciada pelo executivo da Honda nesta quinta-feira vai ao encontro de apurações recentes dando conta de que a Honda inclusive já havia anunciado aos seus concessionários a decisão de importar o novo Civic ao Brasil a partir de 2022, portanto permanecendo com o seu representante na categoria. 

Na região, o novo Civic é produzido apenas na América do Norte, onde reside a maior participação em vendas do modelo. A fabricação do sedã atualmente é concentrada em Greensburg, nos EUA, e em Alliston, no Canadá. 

O Civic topo de linha continua utilizando a denominação Touring em sua nova geração, preservando o motor 1.5 turbo, versão que reúne mais chances de ser importada ao Brasil. 

Tags