Novo Honda Civic 2022: o que dizem as primeiras avaliações

Imprensa e influenciadores dos EUA e Canadá dirigiram a 11ª geração do sedã médio
Acima o Honda Civic Sedan Sport 2022 com pacote HPD vendido nos EUA

Acima o Honda Civic Sedan Sport 2022 com pacote HPD vendido nos EUA | Imagem: Divulgação

Apesar do futuro indefinido aqui no Brasil, o Honda Civic sempre foi um modelo muito importante para consolidar a imagem da empresa em nosso mercado.

Recentemente apresentada nos EUA, a 11ª geração do sedã não deverá entrar para a história como uma de suas mais marcantes, uma vez que preserva boa parte da mecânica e ficou longe de ousar no design.

Se aqui no Brasil a Honda vai centrar suas atividades em SUVs e modelos mais acessíveis, descontinuando o Civic como revelamos com exclusividade, ainda resta a possibilidade do modelo chegar ao país importado da América do Norte, uma vez que o preço por lá permaneceu competitivo.

Na dúvida, é interessante ficarmos de olho em tudo o que cerca o modelo. 

Avaliações nos EUA e Canadá

Ao longo dos últimos dias, a mídia especializada dos EUA e Canadá, bem como influenciadores dos dois países ligados ao tema, tiveram seu primeiro contato com o novo Civic 2022 e revelaram suas impressões.

Vale destacar que, assim como ocorre hoje com o Civic produzido no Brasil, a 11ª geração comercializada nos EUA preserva a opção do motor 2.0 16V aspirado, entregando 158 cv por lá onde opera somente com gaoslina, bem como o 1.5 turbo com injeção direta, que alcança 180 cv no sedã renovado. 

Entre as diversas avaliações, algo em comum reportado nos diferentes vídeos e reportagens é que o Civic 2022 tornou-se um carro com dinâmica superior em relação ao antecessor.

De maneira geral, o que veículos como Edmunds e Roadshow apontam é que a nova suspensão do sedã oferece respostas muito boas, acompanhadas pelas evoluções no conjunto de direção e freios.  

Comportamento dinâmico ainda melhor 

Para os norte-americanos, as impressões iniciais a bordo do novo Civic 2022 em versões topo de linha, como a Touring 1.5 turbo, denotam que a nova geração deverá entregar um interessante comportamento nas futuras versões de alto desempenho, como a Si e Type R. 

As mídias também elogiaram o conforto ao rodar do novo Civic 2022, bem como a cabine ampla e espaçosa, atributos que também encontramos no modelo atual.

Na opinião do Edmunds, o avaliador inclusive aponta o novo Honda Civic como a escolha melhor em relação ao Kia Cerato (Kia Forte nos EUA), Hyundai Elantra, Mazda 3 e o principal arquirrival Toyota Corolla.

Para quem realizou medições em pista com modelo, apesar do ganho em peso o Civic 2022 na versão Touring mostrou-se mais veloz em relação ao competidores de mesmo porte. De acordo com o Edmunds, o Civic Touring 2022 acelerou de 0 a 96 km/h (60 mph) em bons 7,9 segundos. 

Por fim, as avaliações iniciais do sedã também teceram elogios aos sistemas de auxílio a condução presentes no Honda Sensing. 

A tecnologia, que também será introduzida gradativamente em todos os modelos da marca vendidos no Brasil, no caso do Civic 2022 engloba recursos como o controle de velocidade de cruzeiro adaptativo e o assistente de permanência em faixa.