Hyundai Alcazar: indianos avaliam o SUV 7 lugares baseado no Creta

Novidade é apontada como a ''alternativa premium'' ao SUV compacto
Hyundai Alcazar

Hyundai Alcazar | Imagem: Divulgação

Ambos países emergentes, não por acaso muitos modelos desenvolvidos e vendidos na Índia também são aproveitados para o mercado brasileiro. Assim é com o Renault Kwid, por exemplo, e também com a próxima geração do Citroën C3. 

A mesma lógica vale para o Hyundai Creta, também conhecido como ix25. O SUV compacto nasceu prioritariamente para atender economias em desenvolvimento, como a Rússia e China, e conta com o preço competitivo como uma de suas premissas. 

Além das características já citadas para o Hyundai Creta até aqui, o fato de sua ótima aceitação no Brasil também nos faz ficarmos atentos a tudo o que cerca o SUV compacto. 

Além da nova geração, que estreia em breve no Brasil, uma ótima novidade envolvendo o Creta fica por conta de sua interessante derivação 7 lugares revelada neste ano na Índia. 

Estamos falando do Hyundai Alcazar, que é 20 cm mais longo, 4 cm mais alto e conta com entre-eixos 15 cm maior em relação ao Creta mais recente. 

Um Creta "premium" 

Os colegas do Autocar India publicaram recentemente sua avaliação a bordo do Hyundai Alcazar, modelo que foi classificado por eles como uma “alternativa premium em relação ao Creta”. 

Os indianos destacam que, apesar das semelhanças óbvias em relação ao novo Creta, o Hyundai Alcazar conta com alguns elementos próprios em termos de design. 

A grade frontal, por exemplo, é mais robusta e conta com um acabamento próprio. Outro ponto discreto, porém que marca uma diferença em relação ao Creta, é o fato da peça estar unida aos faróis. 

Os indianos também teceram elogios às rodas de liga leve aro 18” e destacaram a presença de um discreto estribo lateral para facilitar o acesso dos ocupantes ao SUV. 

Do centro para a traseira do Hyundai Alcazar, temos um produto todo novo em relação ao Creta. O teto é mais alto para favorecer o conforto e espaço aos passageiros na terceira fileira de assentos, bem como a tampa do porta-malas e as lanternas têm visual mais tradicional se comparadas ao novo Creta. 

Com os 7 lugares em uso, o porta-malas do Hyundai Alcazar ainda permite acomodar 180 litros de bagagem. Apesar da Hyundai não oferecer a capacidade volumétrica do compartimento com a terceira fileira recolhida, os avaliadores indianos apontam que o porta-malas entrega capacidade “vastamente maior” se comparado ao Creta. 

Em termos de conforto, o ganho no entre-eixos permite que até dois adultos possam se acomodar no banco traseiro. A segunda fileira de assentos oferece ajuste longitudinal, o que permite que os ocupantes possam encontrar um compromisso melhor em termos de área livre para as pernas, em especial se a estatura dos passageiros não for muito elevada. 

O Hyundai Alcazar terá a interessante opção de 6 assentos, oferecendo os famosos captain’s seats na segunda fileira de bancos. Com as duas poltronas separadas por um console central, cria-se a “sensação de uma classe executiva” a bordo do Hyundai Alcazar com essa configuração, pontua o veículo de imprensa indiano. 

No console central entre o terceiro e o quarto assentos, os passageiros poderão encontrar um apoio para os braços, porta-copos e até um carregador de smartphones para indução. Com isso, pontuam os indianos, o Hyundai Alcazar se projeta até mesmo como um modelo adequado para o transporte de passageiros ou atender quem busca um carro muito confortável para a família. 

Em relação ao Creta, o Hyundai Alcazar denota seu posicionamento de mercado superior ao oferecer um revestimento interno de couro próprio para o modelo, baseado em uma tonalidade marrom, porém o Autocar India questionou a falta de plásticos de melhor aspecto visual na cabine da novidade.

A montagem e o acabamento do interior são bons, descrevem os indianos, porém o Hyundai Alcazar ainda transpareceu ser um modelo mais próximo ao Creta do que o primo maior e mais sofisticado Tucson. 

Apesar de compartilhar a mesma central multimídia com o novo Creta, o Hyundai Alcazar se diferencia do SUV compacto ao receber painel de instrumentos completamente digital. Para ajudar nas manobras, o SUV 7 lugares traz ainda sistema de câmeras 360º. 

Desempenho e comportamento dinâmico 

Os indianos avaliaram o Hyundai Alcazar tanto com a opção do motor 1.5 turbodiesel de 115 cv, bem como o 2.0 16V a gasolina com potência na casa dos 160 cv. 

Segundo eles, apesar do torque superior (25,4 kgfm contra 19,4 kgfm) a opção 2.0 mostrou-se a escolha mais interessante para o novo SUV 7 lugares. 

Além de oferecer respostas ao volante mais rápidas em diferentes tipos de uso, o Hyundai Alcazar 2.0 é consideravelmente mais ágil em relação ao 1.5 diesel. 

Nos testes da publicação indiana, o SUV 7 lugares com motor 2.0 e câmbio automático de 6 marchas foi capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 9,8 segundos, tempo consideravelmente melhor em relação aos 12,5 segundos da opção diesel automática. 

Ao volante, o Hyundai Alcazar se mostrou fiel aos preceitos da marca de “priorizar a facilidade de dirigir sobre qualquer outros aspecto”, nas palavras dos indianos. Isso significa que o SUV com três fileiras de assentos não tenta ser esportivo em nenhum momento, mostrando-se um modelo agradável para ser conduzido e estacionado graças ao tamanho menor em relação a alguns concorrentes diretos. 

O Autocar India classificou a suspensão do Hyundai Alcazar como “suave, mas sem comprometer a estabilidade direcional”. Com isso, o modelo apresentou um comportamento dinâmico confortável, com uma qualidade ao rodar não tão sofisticada em relação ao MG Hector, porém mais amigável se comparada do Tata Safari e seu apelo para o uso fora do asfalto. 

Concluindo, o Autocar India pontua que o Hyundai Alcazar surge como uma “alternativa premium ao Creta”, tendo como pontos fortes a flexibilidade, versatilidade e facilidade de uso. Outro ponto favorável ao modelo, nas palavras dos indianos, foi o interessante compromisso do Hyundai Alcazar em conseguir oferecer até 7 lugares sem exagerar no tamanho, ao contrário de outros SUVs na mesma faixa de preço. Com isso, o modelo também surge como uma boa pedida para quem vive nos ambientes urbanos e precisa lidar com espaços menores. 

Até o momento não há previsão de oferta do Hyundai Alcazar no mercado brasileiro. O segmento, entretanto, vai ganhar força por aqui. A Jeep lança no segundo semestre o Commander, enquanto a Renault também deverá contar com um SUV 7 lugares nacional no médio prazo. Portanto, vale a pena ficarmos de olho em tudo que cerca o Hyundai Alcazar, um interessante SUV no portfólio da marca.