Jeep comemora 80 anos neste 15 de julho

Confira alguns pontos de destaque na longa história da marca
Desenvolvido na década de 1940, Jeep passou de veículo militar a um clássico off-road

Desenvolvido na década de 1940, Jeep passou de veículo militar a um clássico off-road | Imagem: Divulgação

A Jeep celebra nesta quinta-feira exatos 80 anos de sua fundação. O dia 15 de julho de 1941 ficou marcado pela assinatura do contrato entre a Willys-Overland Co. com o Exército dos EUA para a produção de um veículo próprio para aplicação militar. 

Segundo a fabricante, ao todo mais de 350.000 unidades do Jeep MB foram produzidas, sendo que o modelo serviu de base para a gama Jeep CJ, configuração civil do modelo. A nova opção do modelo entrou em linha antes mesmo da Segunda Guerra Mundial chegar ao fim, em 1945.

Um ano depois, em 1946, a Willys-Overland introduziu a primeira station wagon de carroceria toda em aço - chamada Willys Wagon - mas a grande novidade foi em 1949, quando a tração nas quatro rodas foi adicionada ao Wagon para criar um dos precursores dos utilitários esportivos. 

Capaz de transportar sete passageiros com conforto, levar carga e enfrentar as trilhas mais difíceis, o Willys Wagon representou uma virada de jogo para a fabricante norte-americana. A Wagon projetada por Brooks Stevens esteve em produção por aproximadamente 20 anos, mais que qualquer automóvel americano contemporâneo de sua época. Aqui no Brasil, o modelo ficou famoso como o Rural Willys, sendo produzido localmente entre 1958 e 1977. 

Já em 1986, o Jeep Wrangler é lançado nos EUA como o sucessor da longa linhagem da família CJ, partindo de uma demanda do público norte-americano por um modelo robusto, porém mais confortável. Em relação ao CJ-7, o Wrangler apresentava centro de gravidade mais baixo, dirigibilidade melhorada, entre outras melhorias. 

Com a crise do petróleo e a demanda por veículos mais eficientes, a Jeep trouxe ao mundo o Cherokee XJ 1984, que tinha como destaque a estrutura monobloco. O Cherokee também tinha como novidade o sistema de tração nas quatro rodas Command-Trac com a função shift-on-the-fly, que permite alternar o modo de tração com o veículo em movimento. 

Na história recente da Jeep - e também envolvendo o mercado brasileiro - vale citar a estreia do Renegade, em 2015, e do Compass, em 2016, ambos produzidos em Goiana (PE) e que conquistaram enorme aceitação do público brasileiro, tornando-se líderes de mercado entre os SUVs. 

Para este ano, a Jeep ainda tem como grande novidade o lançamento do Commander, que também será produzido na fábrica pernambucana e traz como destaque a presença dos 7 lugares. Ainda para 2021 também é esperada a importação do Compass ou do Renegade com o conjunto propulsor híbrido plug-in 4xe.

Jeep Renegade: lançado em 2015 no Brasil, SUV compacto virou sucesso de público
Jeep Renegade: lançado em 2015 no Brasil, SUV compacto virou sucesso de público
Imagem: Divulgação
Tags