Ao lado dos utilitários esportivos, as picapes estão ganhando uma força gigantesca em vários mercados, sobretudo nos EUA, onde marcas como a Ford e a GM já anunciaram que vão focar suas linhas majoritariamente nesses dois segmentos nos próximos anos, descontinuando vários modelos de passeio em especial hatches e sedãs.

Se já tem um legado indiscutível no segmento de SUVs, a Jeep agora finalmente também poderá colocar seus pés no segmento de picapes com a estreia da Gladiator, modelo revelado na edição mais recente do Salão de Los Angeles.

Projeto que nasceu em paralelo com a nova geração do Wrangler, a Gladiator compartilha com o jipe a mesma vocação para o uso off-road, tanto é que esse é o seu principal apelo frente às concorrentes de mesmo porte.

Para tanto, a inédita Jeep Gladiator poderá receber uma série de equipamentos e acessórios notadamente robustos para quem deseja encarar as trilhas mais pesadas. A picape poderá receber recursos como eixos Dana 44 de terceira geração, bloqueio eletrônico dos diferenciais dianteiro e traseiro, pneus off-road de 33” e até mesmo um sistema que permite desconectar a barra estabilizadora do conjunto de suspensão.

Como já havíamos antecipado, para movimentar a Gladiator a Jeep escalou o propulsor 3.6 V6 Pentastar com a opção de transmissões automática de 8 marchas ou manual de 6 marchas. Em 2020, a picape receberá também a opção do 3.0 V6 EcoDiesel, que será oferecido apenas com a mesma opção de câmbio automático presente também no motor V6 a gasolina.

Pelo menos nos EUA, a Jeep Gladiator em quatro versões (Sport, Sport S, Overland and Rubicon) e terá uma série de atributos interessantes do ponto de vista da conectividade e personalização, como a quarta geração da central multimídia Uconnect e a possibilidade do teto com capota de tecido. Chamado de Sunrider pela Jeep, ele é um recurso bem singular entre as picapes fabricadas em série hoje em dia.

Segundo a Jeep, além da tração 4x4 e a vocação para o uso nas trilhas, a Gladiator também será um modelo muito valente para deslocar objetos maiores, tipo de uso relativamente comum entre os norte-americanos. A nova picape da Jeep será capaz de rebocar até 3,47 toneladas e poderá transportar até 725 kg de carga na caçamba.

Procurada pelo Autoo, a assessoria de imprensa da Jeep aqui no Brasil adiantou que não existem planos, no momento, de importar a Gladiator ao mercado nacional. De qualquer forma, o mercado brasileiro é um grande consumidor de picapes e, caso o dólar e a situação econômica do país ajudem, é bem provável que a Jeep possa rever sua decisão. 

César Tizo

O "Guru dos Carros", César Tizo se juntou ao time este ano e está à frente dos portais AUTOO e MOTOO. É o expert em aconselhar a compra de automóveis

César Tizo | http://www.jcceditorial.com.br/