LT, LTZ, Premier... quais são as versões mais interessantes do novo Chevrolet Tracker 2021?

Analisamos as seis opções do SUV, incluindo seu catálogo para PcD
Chevrolet Tracker 2021

Chevrolet Tracker 2021 | Imagem: Divulgação

A nova geração do Chevrolet Tracker certamente pode ser classificada como uma das principais estreias deste ano, ao lado de novidades como a renovação completa da Fiat Strada, o inédito VW Nivus, entre outros.

Por já encontrar o segmento de SUVs compactos de uma forma mais consolidada no Brasil, o Tracker 2021 tinha a obrigação de chegar com um bom conteúdo e, de fato, é o que foi visto com a apresentação dos dados preliminares da novidade.

Para ajudá-lo (a) na escolha, apontamos abaixo quais são as versões mais interessantes da novidade levando em consideração o custo-benefício, posicionamento de mercado, entre outros pontos. Confira, então, nossa análise e as recomendações:

Ótima pedida: Tracker Premier 1.2 Turbo – R$ 112.000
Motivos: claro que optar pela versão topo de linha do Chevrolet requer um bom fôlego financeiro, mas o modelo torna-se muito interessante nessa configuração. O principal motivo diz respeito ao seu avançado pacote de itens de conforto e segurança, que não acarretam um preço tão acima das demais versões 1.2 turbo. Considerando que o catálogo mais acessível com esse propulsor começa em R$ 90.500, o fato de, por R$ 21.500 a mais, o Tracker Premier acrescentar recursos como o assistente de estacionamento, alerta de colisão com frenagem automática de emergência, teto solar panorâmico, entre outros recursos, não parece algo abusivo. Os assistentes de condução representam ganhos consideráveis para a proteção e integridade dos passageiros, ajudando até a evitar acidentes que poderiam ser fatais. Apenas como comparação, um VW T-Cross Highline com um pacote próximo ao Tracker Premier custa R$ 125.940 com pintura sólida e ainda não contempla o alerta de colisão. Por fim, olhando para o futuro, o Tracker Premier deverá ter ótima liquidez (facilidade de revenda) no mercado de usados justamente por conta de seu pacote mais completo.

Melhor opção de custo-benefício: Tracker LT 1.0 Turbo – R$ 89.900
Motivos: ao trazer um pacote de equipamentos bem equacionado na faixa de R$ 90.000, a Chevrolet claramente posiciona o Tracker LT como uma excelente opção para quem busca o melhor custo-benefício. Nessa configuração ele traz, como toda a linha, os 6 airbags, controles de estabilidade e tração, central multimídia e o sensor de estacionamento, acrescentando também câmera de ré, piloto automático, sistema de chave presencial, start-stop (importante aliado para a redução do consumo), entre outros recursos. Se você não se sente atraído (a) por uma pacote de tecnologia superior, como é o caso da versão Premier, e não precisa de um modelo que “sobre” em termos de desempenho, certamente encontrará no Tracker LT 1.0 Turbo uma ótima pedida.

Requer atenção: Tracker LTZ 1.2 Turbo – R$ 99.900
Motivos: existe uma questão muito peculiar no universo automotivo que é romper com a “barreira” dos R$ 100.000. Para quem não quer gastar acima desse teto, a Chevrolet posiciona no mercado o Tracker LTZ. A opção adiciona em relação ao Tracker LT 1.0 citado anteriormente itens de praticidade e estilo adicionais, tais como sensor de chuva, acendimento automático dos faróis e as rodas de liga leve aro 17”. Como o valor já o aproxima demais do Tracker Premier, talvez o melhor mesmo seja partir para o catálogo mais sofisticado.

Requer atenção: Tracker 1.2 Turbo – R$ 90.500
Motivos: praticamente pelo mesmo valor da versão LT 1.0 Turbo, o Tracker 1.2 automático de entrada é a alternativa para quem busca apenas o desempenho superior oferecido pelo motor de maior deslocamento. A grande questão é que o Tracker mais potente deverá ter maior procura em suas opções mais completas, o que pode significar uma liquidez menor para a configuração avaliada aqui. Ela não traz, por exemplo, sequer as capas dos retrovisores e maçanetas na cor do veículo. O nível de equipamentos, na mesma linha, restringe-se ao essencial. Essa versão seria a indicada apenas para quem não abre mão de performance, câmbio automático e deseja gastar o menor valor possível.

Opção pouco recomendada: Tracker 1.0 Turbo manual – R$ 82.000
Motivos: é comum no universo dos SUVs compactos algumas fabricantes colocarem versões com câmbio manual desses modelos apenas para conseguir uma vantagem financeira no preço. No cenário atual do mercado, carros nessa faixa de valor já são predominantemente automáticos. Logo, espere por uma revenda não muito fácil para modelos como o Tracker manual, bem como uma desvalorização mais acentuada. O modelo atende aqueles que não abrem mão dessa transmissão, portanto, na hora de comercializá-lo no mercado de usados, isso depende também de achar o cliente com o mesmo perfil. De todo modo, o Tracker manual agrada pelo ótimo nível de equipamentos – considerando que se trata de seu catálogo mais acessível – e os excelentes números de consumo, que pode chegar a até 14,8 km/l na estrada com gasolina.

Ótima opção para PcD: Tracker 1.0 Turbo automático – R$ 70.000
Motivos: ainda precisamos aguardar mais detalhes oficiais, mas, de acordo com as informações preliminares, a Chevrolet oferecerá a configuração do Tracker para a compra com isenção com os mesmos itens de série da versão LT, tornando-o a opção mais completa para o público PcD. Uma polêmica inicial ficou por conta do prazo de garantia menor em relação às versões destinadas ao público em geral, porém abordamos essa questão de forma mais profunda em outro texto que você confere aqui. Em relação aos rivais diretos em versões PcD, o Tracker se sobressai pelo conjunto mecânico eficiente, o bom espaço interno e, mesmo que a Chevrolet simplifique posteriormente seu catálogo do Tracker para PcD, ele ainda terá vários recursos relevantes (central multimídia, sensor de estacionamento, câmera de ré, etc.) em grande parte ausentes em muitos concorrentes diretos. Portanto, uma excelente escolha em qualquer um dos cenários.

Chevrolet Tracker 2021

Chevrolet Tracker 2021

Assine a newsletter semanal do AUTOO!