Na Argentina, novo Peugeot 208 estreia com duas opções de motores e cinco versões

Modelo será lançado em breve no Brasil e deverá trazer catálogo semelhante de configurações
Produzido na Argentina, novo 208 estreia em breve no Brasil

Produzido na Argentina, novo 208 estreia em breve no Brasil | Imagem: Divulgação

Enquanto a estreia no Brasil está prevista para o começo de setembro, a segunda geração do Peugeot 208 foi lançada ontem na Argentina. Até por conta da produção no país vizinho, era esperado que o hatch atualizado estreasse em primeiro lugar por lá.

Fabricado em El Palomar, o hatch chegará aos concessionários argentinos inicialmente com duas opções de motor, dois tipos de câmbio e cinco catálogos diferentes. O leque de versões nos sinaliza muito do que podemos esperar também para o mercado brasileiro.

A versão de entrada na Argentina será chamada Like e a única a oferecer a motorização 1.2. O motor tricilíndrico por lá entrega 82 e vai atuar combinado com a transmissão manual de 5 marchas. Essa configuração terá preço sugerido de 1.210.300 pesos argentinos, o equivalente a pouco mais de R$ 90 mil. Claro que essa relação não deve ser considerada para o Brasil, uma vez que a Argentina vive um cenário cambial e econômico totalmente diferente, o que acaba refletindo nos valores dos produtos por lá. Uma boa aposta, caso a Peugeot ofereça esse catálogo por aqui, é de um preço inicial gravitando os R$ 65 mil.

Interior do novo Peugeot 208 argentino
Interior do novo Peugeot 208 argentino
Imagem: Divulgação

Logo acima, para quem deseja um modelo mais potente, será o oferecido o motor 1.6 16V, que poderá atuar tanto com o câmbio manual como a caixa automática de 6 marchas. Com motor 1.6, o novo 208 será oferecido nas versões Like Pack manual, Active manual, Active automática, Allure manual, Allure automática e Feline automática.

No mercado argentino, o novo Peugeot 208 2021 contará com garantia total de 3 anos ou 100 mil quilômetros.

Ponto positivo é que todas as versões do novo 208 saem de fábrica com o controle de estabilidade. Como já antecipado pela Peugeot, o modelo terá um bom pacote de tecnologia e assistentes de condução. Segundo a mídia argentina, o 208 Feline, versão topo de linha com motor 1.6, será o carro mais acessível no país vizinho a oferecer recursos como alerta de colisão com frenagem autônoma de emergência, farol alto adaptativo e alerta de mudança involuntária de faixa com correção ativa. Provavelmente o 208 Feline automático deverá rivalizar em preço com modelos como o Chevrolet Onix Premier (R$ 80.290 com seu pacote de tecnologia), Hyundai HB20 Diamond Plus (R$ 77.990), entre outros.

Ao menos na Argentina, está definida a oferta do 208 GT Line com motor 1.2 turbo de 130 cv e transmissão automática de 6 marchas. A variante com desempenho superior chegará ao mercado em questão a partir de janeiro de 2021. Para o Brasil, a Peugeot já confirmou que vai trazer ao país a configuração 100% elétrica do hatch, um complemento de gama bastante arrojado.

Em sua nova geração, o Peugeot 208 conta com 4,05 m de comprimento, 1,73 m de largura e 1,45 m altura. O entre-eixos é de 2,53 m e o porta-malas tem capacidade para 311 litros, um dos melhores do segmento de hatches compactos. Apenas como comparação, o Chevrolet Onix tem 4,16 m de comprimento, 1,73 m de largura e 1,47 m de altura. O entre-eixos do hatch, que é o líder em vendas não só no segmento como no país de forma geral, é de 2,55 m. O porta-malas do Chevrolet, por sua vez, é capaz de transportar 275 litros de bagagens. 

Nova geração do Peugeot 208 produzida na Argentina
Nova geração do Peugeot 208 produzida na Argentina
Imagem: Divulgação
Assine a newsletter semanal do AUTOO!